Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Caldas da Rainha: criados murais terapêuticos no Centro Hospitalar do Oeste

akzonobel

Dando continuidade a uma parceria com mais de 12 anos, a empresa de fabricação de tintas e revestimentos AkzoNobel e a Fundação Anouk juntaram-se uma vez mais para a criação de uma série de murais terapêuticos no Centro Hospitalar do Oeste, nas Caldas da Rainha. Os murais foram desenhados em vários quartos, corredores e salas de espera, utilizando tintas doadas pela marca Sikkens, do grupo AkzoNobel, pertencente à empresa. Segundo um comunicado enviado ao ALVORADA pela AkzoNobel, as obras de arte “ajudam a criar um ambiente acolhedor, a reduzir a ansiedade e a oferecer uma atmosfera relaxante aos pacientes e respetivas famílias”.

Estes novos murais seguem os parâmetros semelhantes aos do projecto conjunto que teve lugar na Suíça no início deste ano, “quando murais coloridos ajudaram a abrilhantar 22 quartos de tratamento e 8 quartos de pacientes num hospital pediátrico naquele país”.

Luísa Preto, médica no Centro Hospitalar do Oeste comentou que “Era uma vez um lugar. um lugar a preto e branco, onde as crianças entravam com medo nos olhos. Então, um dia, a Fundação Anouk chegou e transformou-a. E agora as nossas paredes estão cheias de magia, cor e histórias. Quando as crianças entram no hospital, chegam com um sorriso nos olhos e os nossos corredores estão, uma vez mais, cheios de felicidade”.

Vanessa von Richter da Fundação Anouk, acrescenta que “levamos a cabo o nosso primeiro projecto neste hospital no ano de 2009 e 11 anos mais tarde, continua a parecer novo. Adoramos a qualidade das cores, o pigmento é tão suave, o resultado é lindo e como a cor seca depressa, podemos trabalhar rapidamente. As pessoas ficam sempre impressionadas pela tinta Sikkens, por isso, obrigado à AkzoNobel por nos ajudar a concluir este importante projecto”.

Para este mais recente projecto, foram convidados artistas profissionais, com o objectivo específico de desdramatizar o equipamento médico e transformá-lo em “máquinas mágicas”. Outro objectivo crucial consistia em ilustrar uma série de histórias e costumes locais, oferecendo ao mesmo tempo exemplos de estilos de vida saudáveis, com o enfoque numa boa nutrição e higiene.

Os resultados foram recebidos com entusiasmo pelo pessoal hospitalar, “com um dos médicos de emergência a pedir que uma das personagens do trabalho recebesse o seu nome”. Como resultado disso, um cão que aparece num dos murais (chamado Nuno) está representado como um médico a colocar uma máscara.

Enquanto funcionário, tenho orgulho de que, presente no ADN da AkzoNobel, esteja o desejo de contribuir em comunidades de todo o mundo”, declarou Alejandro Villar, director de Desenvolvimento Comercial da empresa em Portugal. “A Fundação Anouk concedeu-nos a oportunidade de tornar este projecto em realidade e visto que estamos a lançar a nossa gama ‘Deco’, fomos capazes de apoiar o projecto com as nossas tintas”.

A Fundação Anouk é uma organização não-lucrativa dedicada a levar cor às paredes de todo o tipo de edifícios, desde lares e centros psiquiátricos até hospitais e residências para jovens. Estima-se que o Hospital das Caldas da Rainha preste cuidados a 25.000 pacientes anualmente na ala de urgências, assim como às suas famílias, cuidadores e à equipa do hospital.

Uma das enfermeiras do serviço conta que “uma criança chegou com um ferimento na cabeça e estava cheia de medo. Mas depois entrou nas urgências e simplesmente disse: ‘Oh, é tão lindo’ apontando para as nossas paredes. Depois saltou e correu por toda a ala a exclamar: ‘Oh, uma flor. Aquilo é uma banana. Gelado!’ com o sorriso mais incrível. E é por esse motivo que a fundação e este projecto são tão importantes”.

Texto: ALVORADA
Fotografia: Direitos Reservados