Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

IMT inicia hoje campanha de promoção dos transportes públicos no país

IMTT campanha transportes publicos

O Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT) vai iniciar hoje uma campanha de promoção à utilização dos transportes públicos a nível nacional, considerando ser “uma área chave na política de mobilidade urbana sustentável”.

“Com as crescentes alterações climáticas, o aumento do congestionamento, a degradação da qualidade do ar, o aumento da sinistralidade rodoviária e a crise energética, tornou-se clara a necessidade de alterar o paradigma da mobilidade”, adianta o IMT em comunicado.

De acordo com aquele instituto, a campanha ‘O Futuro é Colectivo’ decorrerá através de “uma divulgação alargada dos benefícios [dos transportes públicos] para o utilizador”, como “mais barato, melhor para o ambiente, mais tempo para o que gosta ou cómodo e seguro”. “O transporte público é uma área chave na política de mobilidade urbana sustentável, a par da racionalização do uso do transporte individual e do estímulo aos modos activos”, sustenta.

No documento hoje divulgado, o IMT lembra que o Programa de Apoio à Redução Tarifária nos Transportes Públicos (PART), iniciado em 2019, “levou a um aumento global de passageiros nos transportes públicos e teve um impacto significativo no financiamento do sistema de transportes”, tendo sido condicionado pela crise sanitária, verificando-se “uma diminuição da procura”.

O PART, segundo o IMT, havia permitido poupança nos agregados familiares, com a simplificação das tarifas, atraindo “novos passageiros para o transporte público”. “Neste contexto, é importante divulgar os benefícios do uso do transporte público colectivo para promover o regresso e atrair novos passageiros”, acrescenta.

A iniciativa conta com cerca de 50 parceiros, incluindo operadores de transporte e municípios, e será disseminada em várias plataformas digitais, televisões, rádios, imprensa regional e múpis.

Texto: ALVORADA com agência Lusa