Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Liga Operária Católica alerta que mulheres são as maiores vítimas em tempo de guerra

Liga Operaria Catolica

A Liga Operária Católica/Movimento de Trabalhadores Cristãos de Portugal (LOC/MTC) alertou hoje que as mulheres “são as mais sacrificadas e as maiores vítimas” em tempo de guerra.

Numa mensagem a propósito do Dia Internacional da Mulher, que se assinala esta terça-feira, a LOC/MTC escreve que “os tempos de guerra, que tudo abafam, mesmo os problemas mais candentes da humanidade, tornam ainda mais justificada esta evocação” do Dia Internacional da Mulher.

Para esta organização de trabalhadores católicos, é necessário lembrar que “também em tempos de guerra, como na pandemia, as mulheres são as mais sacrificadas e as maiores vítimas”.

A LOC/MTC aproveitou a ocasião para divulgar a mensagem do Movimento Mundial de Trabalhadores Cristãos, a qual sublinha que durante a pandemia, “as mulheres estiveram na primeira linha dentro e fora do lar”. Apesar deste esforço, “desarticularam-se os sistemas sociais, os de proteção e os apelos de auxílio, as denúncias de violência e os abusos sexuais aumentaram”. “As mulheres ficaram à mercê da violência doméstica em condições de maior vulnerabilidade, produzindo-se um aumento de feminicídios como expressão mais horrenda contra elas”, acrescenta a mensagem.

Texto: ALVORADA com agência Lusa