Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Dia Mundial da Consciencialização CDG - 16 de Maio: petição apela ao apoio da OMS para consciencialização das doenças congénitas de glicosilação

peticaocgd

A Associação Portuguesa para as Doenças Congénitas da Glicosilação e outras Doenças Metabólicas Raras (APCDG) criou uma petição online, com o objectivo de levar a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar, oficialmente, o dia 16 de Maio, como Dia Mundial da Consciencialização para as Doenças Congénitas de Glicosilação (CDG).

A petição oficial tem como objectivo conseguir o apoio entre pacientes, famílias, grupos de pacientes, profissionais e instituições com pacientes CDG.  

Até ao momento contamos com mais de 8.600 assinaturas. A nossa missão passa por conseguir recolher 30 mil assinaturas a nível mundial, até ao dia 1 de Maio de 2021. Desta forma, será possível enviar um pedido formal à OMS para declarar permanente e oficial o dia 16 de Maio como o Dia Mundial da Consciencialização para as Doenças Congénitas de Glicosilação (CDG)”, realça Rita Francisco, investigadora da rede CDG & Allies - Professionals and Patient Associations International Network

A petição online pode ser subscrita aqui.

Estima-se que a forma mais comum das CDG (PMM2-CDG) tenha uma incidência de 1 em cada 20 mil pessoas, contando com um grupo de 140 doenças hereditárias que afectam a glicosilação, um processo pelo qual todas as células humanas acumulam açúcares de cadeia longa que estão ligados a proteínas ou lípidos (gorduras), essenciais para muitas funções biológicas. Estas doenças são altamente incapacitantes, com uma elevada taxa de mortalidade pediátrica e com um impacto negativo na qualidade de vida dos pacientes e das famílias, uma vez que a grande maioria destas doenças ainda não tem uma terapia.

Para mais informações: https://worldcdg.org ou http://www.apcdg.com/