Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

PSD/Oeste apoia PS na pressão junto do Governo para a construção do novo Hospital do Oeste

PSD Oeste II

A Comissão Política Distrital do PSD Área Oeste "acredita" que o PS irá aprovar na Assembleia da República a proposta do PSD para que o próximo Orçamento do Estado preveja a abertura do processo concursal para o projecto do novo Hospital do Oeste. Em comunicado enviado esta manhã ao ALVORADA, a estrutura regional social-democrata saúda a iniciativa socialista de ter entregue ao ministro da Saúde em Torres Vedras, na última segunda-feira, a moção aprovada pelo Congresso da Federação Regional do Oeste do PS, na qual são solicitadas “soluções de financiamento e de calendarização do novo hospital” e onde se constata uma “insuficiência de pessoal médico e envelhecimento das suas instalações, inadequadas ao exercício da medicina na actualidade”.

O PSD/Oeste recorda, para o efeito, que em Julho apresentou no Conselho Nacional do partido, a moção estratégica que expressa “a urgência da falta de cuidados de saúde primários e evidencia a urgência em iniciar o processo de construção de um novo Hospital do Oeste, que sirva com toda a dignidade à população e que foi aprovada por 75% dos deputados”. Os deputados do grupo parlamentar do PSD propuseram ao Governo que inclua a construção do novo Centro Hospitalar do Oeste no plano de investimentos em novas unidades de saúde, devendo o processo concursal ser lançado até ao final de 2023.

Nesta moção estratégica, recorda o PSD/Oeste, os deputados do partido solicitaram que durante a construção do novo Centro Hospitalar do Oeste, que integra os hospitais de Torres Vedras, Caldas da Rainha e Peniche, “o Governo faça o reforço de investimento nas unidades já existentes, garantindo o rácio de recursos humanos necessários para permitir uma adequada resposta assistencial”. Os social-democratas concordam na possibilidade, tal como o ministro da Saúde, Manuel Pizarro, disse na segunda-feira aos presidentes de câmara oestinos, na opção pelo modelo de gestão para os serviços clínicos do novo Centro Hospitalar do Oeste em regime de Parceria Público Privada, “caso tal opção seja mais vantajosa, em termos do binómio qualidade-custos, do que a gestão pública e daí decorram benefícios para os utentes e o serviço público de saúde”.

Diz ainda a estrutura oestina laranja liderada por Duarte Pacheco que, para os deputados do PSD, a criação de um hospital central para a região do Oeste “é considerada consensual, assim como a necessidade de melhorar as unidades do Centro Hospitalar do Oeste já existentes, que têm ultrapassado, nos últimos anos, grandes obstáculos de funcionamento”.

Recorde-se que o ministro Manuel Pizarro, em declarações ao ALVORADA, garantiu a construção do novo Hospital do Oeste, comprometendo-se a revelar a sua localização exacta até 31 de Março do próximo ano e, até final do primeiro semestre, a sua topologia e forma de financiamento e funcionamento.

Notícia desenvolvida na próxima edição impressa do ALVORADA.

Texto: ALVORADA.