Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Quinze enfermeiros do Centro Hospitalar do Oeste em risco de saírem da instituição segundo sindicato

CHO logo

Quinze enfermeiros do serviço de urgência da unidade das Caldas da Rainha do CHO - Centro Hospitalar do Oeste correm o risco ficarem sem emprego no final deste mês por falta de autorização do Governo para a respectiva contratação, alertou hoje o Sindicato dos Enfermeiros.

Ivo Gomes, do Sindicato dos Enfermeiros, disse à agência Lusa que os contratos, de apenas quatro meses, vão terminar no final deste mês. “A instituição já pediu autorização para a renovação ou celebração de novos contratos e a tutela ainda não deu resposta nem sobre esta questão, nem sobre a aprovação do Plano de Actividades e Orçamento, que viria a colmatar estas necessidades”, explicou o dirigente, referindo-se à celebração de contratos sem termo.

O Sindicato dos Enfermeiros “exigiu a vinculação definitiva” destes profissionais. O enfermeiro alertou que, se estes profissionais não voltarem a ser contratados, “estão em causa a continuidade e a segurança dos cuidados de saúde, as escalas para Setembro da urgência e o pagamento de horas extraordinárias de cerca de 100 turnos por mês neste serviço”.

Questionada pela Lusa, a presidente do conselho de administração do CHO, Elsa Baião, esclareceu que “os contratos não são passíveis de serem renovados do ponto de vista legal”, mas a instituição “está a tentar encontrar uma solução transitória”.

Texto: ALVORADA com agência Lusa