Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Oeste: Câmara da Nazaré aprova anteprojecto do funicular da Pederneira

nazare

A Câmara da Nazaré aprovou ontem, por unanimidade, o anteprojecto do novo ascensor da vila, um investimento cerca de cinco milhões de euros que ligará o futuro terminal rodoviário à Pederneira, a zona alta da vila.

Depois de termos um ascensor que consegue bater, em número de passageiros, todos os outros ascensores do país, acredito que com este projecto estamos a lutar também pelo segundo lugar do ‘ranking’”, afirmou o presidente da Câmara da Nazaré, Walter Chicharro, durante a apresentação do anteprojecto do novo funicular.

O anteprojecto, que permite à autarquia avançar com a candidatura a fundos comunitários, foi desenvolvido pela empresa MMPT, especialista em planeamento e gestão da mobilidade.

Segundo os responsáveis da empresa, o novo ascensor vai contribuir para reduzir a utilização de carros na ligação à Pederneira.

O projecto de arquitectura centra-se num edifício de quatro pisos, com grandes aberturas em vidro que permitem, por um lado, apreciar as paisagens da vila e, por outro, apostar num jogo de luzes que à noite remetem para a imagem de um farol, explicou o arquitecto responsável.

Do edifício sairá o ascensor, com grandes janelas panorâmicas e com capacidade para 40 passageiros em cada viagem, prevendo-se que possa transportar cerca de 300 pessoas por hora, em cada sentido.

Walter Chicharro informou, na sessão de Câmara, que o projecto de execução deverá ficar concluído até ao final de Junho e que a construção do novo funicular vai ser acompanhada de monitorização da encosta da Pederneira, para acautelar as questões de estabilidade do terreno.

O anteprojecto foi aprovado por unanimidade pelo executivo liderado pelo PS e que conta com dois vereadores do PSD e um da CDU.

Texto: ALVORADA com agência Lusa