Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Óbidos Vila Natal atraiu 1,5 milhões de visitantes em 14 edições

Obidos Vila Natal

Óbidos volta este ano a ser Vila Natal entre os dias 30 de Novembro e 2 de Janeiro, retomando o evento que nas primeiras 14 edições foi visitado por um milhão e meio de pessoas, divulgou hoje a edilidade.

Depois de no ano passado ter sido reduzido a uma versão virtual, o Óbidos Vila Natal abre de novo portas no dia 30 de Novembro, para uma “edição especial, com algumas restrições relacionadas com a pandemia e com algumas novidades”, afirmou o administrador da empresa municipal Óbidos Criativa, organizadora do evento. Em ano de pós pandemia, o evento vai alargar-se a toda a vila, para evitar aglomerados, e privilegiar “a venda de bilhetes 'on-line', a um preço mais baixo (50 cêntimos mais barato) que os praticados nas bilheteiras, para evitar que as pessoas se concentrem em filas”, explicou Alexandre Ferreira.

Ainda ao nível da bilhética, a organização optou este ano por “diferenciar os preços consoantes sejam dias da semana, fins-de-semana ou feriados”, por forma a que a afluência de visitantes seja menos concentrada aos sábados e domingos. “A maior pista de gelo natural de todas as edições, com 300 metros quadrados” é outra das novidades da 15.ª edição do evento, que este ano volta a contar com um roda gigante à entrada da vila, uma rampa de gelo também de dimensão superior às das edições anteriores, um comboio de Natal que passará com um túnel com iluminação a simular o céu estrelado, um carrossel e outros equipamentos de diversão.

No que respeita à animação, a organização promete um conjunto de espectáculos de companhias estrangeiras, entre as quais uma companhia de bailado russa e um mágico de Itália. Neste capítulo, a organização volta também a apostar “no envolvimento da comunidade local”, integrando no programa espectáculos realizados por grupos da comunidade local, disse Alexandre Ferreira.

Um programa de animação de 34 dias que, segundo o presidente da Câmara, Filipe Daniel, “atraiu nas primeiras 14 edições um milhão e meio de visitantes”, com uma média de 140 a 150 mil pessoas por ano a entrar no recinto. De acordo com o autarca, o evento movimenta ainda cerca de 200 trabalhadores contratados especificamente para a montagem e animação do certame, que conta este ano com um orçamento superior a 200 mil euros. “É o evento com o maior orçamento, mas também aquele que maiores receitas de bilheteira gera”, disse Alexandre Ferreira, estimando que nesta edição volte a registar-se “uma grande afluência de público, gerando mais-valias também para a região, sobretudo para a hotelaria dos concelhos das Caldas da Rainha, Óbidos e Bombarral”.

Além das preocupações de sustentabilidade, o Óbidos Vila Natal pretende tornar-se num evento “o mais inclusivo possível”, reservando a organização parte dos convites para instituições de solidariedade social que trabalhem com crianças carenciadas. O evento é de entrada gratuita para crianças até aos 3 anos e, nos dias de semana, para os munícipes do concelho de Óbidos.

Texto: ALVORADA com agência Lusa
Fotografia: Município de Óbidos