Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

‘Heróis da Fruta’: Escolas do Oeste participam em projecto para prevenir obesidade infantil

heroisdafruta

125 escolas do distrito de Lisboa e 48 do distrito de Leiria já aderiram este ano lectivo ao projecto ‘Heróis da Fruta’, promovido desde 2011 pela Associação Portuguesa Contra a Obesidade Infantil (APCOI). Da região Oeste estão a participar escolas dos concelhos de Alcobaça, Alenquer, Bombarral, Nazaré e Torres Vedras.

Depois do sucesso das edições anteriores, em que mais de 50% das 502.122 crianças participantes alcançaram a ingestão das porções diárias recomendadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) relativamente ao consumo de frutas e vegetais em apenas dez semanas, o projecto regressa este ano às escolas para continuar a combater a má nutrição e prevenir doenças crónicas, como a obesidade, a diabetes ou o cancro, através de uma alimentação mais saudável.

Para implementar o método ‘Heróis da Fruta’, são necessários apenas 5 minutos diários durante pelo menos 25 dias úteis (5 semanas lectivas consecutivas). Após a inscrição, os responsáveis receberão por email o ‘Guia Heróis da Fruta’ com orientações passo-a-passo para implementar o projecto no ano lectivo 2021/2022. As inscrições são gratuitas e estão abertas em www.heroisdafruta.com até 16 de Outubro.

Podem participar todos os estabelecimentos de ensino públicos e privados com turmas de pré-escolar, 1º ciclo, ATL, CATL e NEE e neste ano lectivo o programa contará com a adesão de mais de 1.300 escolas em todo o território nacional continental.

Além dos professores e educadores de infância, as inscrições podem também ser realizadas por docentes responsáveis, bibliotecas escolares ou projectos de educação para a saúde, coordenadores pedagógicos, directores de agrupamento ou técnicos municipais, como por exemplo nutricionistas, entre outros.

Texto: ALVORADA