Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Autárquicas-Oeste: Chega candidata professor Pedro Valinha Sampaio à Câmara de Peniche

eleicoes autarquicas de 2021

O professor Pedro Valinha Sampaio é o candidato do Chega à Câmara Municipal de Peniche, nas eleições autárquicas de 26 de Setembro, com o objectivo de recuperar o dinamismo do concelho. "Todos os concelhos aqui à volta evoluíram e Peniche estagnou ou até regrediu”, considera Pedro Valinha Sampaio, apostado em “mudar este estado de coisas” através da candidatura à autarquia.

Professor no concelho há cerca de três décadas, o cabeça-de-lista do Chega compara o ambiente da cidade “há 10 ou 15 anos, quando Peniche tinha vida 24 horas por dia, com movimento no mercado e na lota, onde as traineiras descarregavam”, com a actualidade de “uma terra completamente morta, em que às nove da noite não se vê ninguém na rua”. Um estado de coisas que, aliado “à falta de valores das gerações mais novas” e à convicção de que não será “o facilitismo da esquerda” que levará o concelho a bom porto, levou o candidato decidir “levantar da cadeira, sair do conforto do lar, arregaçar as mangas e tentar fazer qualquer coisa para mudar aquilo que não vai ao encontro da ideologia” que defende.

Se for eleito, a mudança que quer implementar no concelho de Peniche passará por “encontrar formas de fixar a juventude, atrair investidores e mais indústria ligada às novas tecnologias, ensino ligado ao conhecimento e investigação e criação de postos de trabalho”, disse à agência Lusa. Entre os scetores que pretende desenvolver, Pedro Valinha Sampaio destaca ainda o Turismo, numa vertente “que vá para além do surf” e que reflita também “a aposta nos recursos naturais e patrimoniais” do concelho de Peniche. “Peniche tem que ter um turismo sustentado”, afirmou, sublinhando que “não adianta estar a fazer passadiços em cima das dunas, se não se tiver o cuidado de fazer um estacionamento ao lado para que as pessoas possam usufruir” ou se o concelho não for dotado de “equipamentos de apoio como casas de banho e balneários”.

A pesca, que “ao longo de décadas não foi devidamente cuidada e protegida”, é outro dos sectores em que o candidato pretende apostar, já que “sem pesca não há indústria de conservas e sem esta não há postos de trabalho, porque todo este mercado está interligado”.

Pedro Valinha Sampaio tem 53 anos e é licenciado em Informática, com um mestrado em Educação, Comunicação e Multimédia. É professor do ensino secundário há 28 anos. Foi fundador e preside concelhia do Chega, em Peniche.

Além de Pedro Valinha Sampaio concorrem à Câmara Municipal de Peniche António Moniz (BE) Ângelo Marques (PS), Filipe de Matos Sales (PSD), Clara Abrantes (CDU), Ricardo Ribeiro (CDS-PP) e Henrique Bertino (Grupo Cidadãos Eleitores por Peniche).

Nas anteriores eleições autárquicas, o independente Henrique Bertino (Grupo Cidadãos Eleitores por Peniche) ganhou à CDU a Câmara de Peniche, elegendo três elementos, o PS dois e o PSD outros dois.

Texto: ALVORADA com agência Lusa