Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

CHO estabelece acordo de colaboração com o Centro Hospitalar Psiquiátrico de Lisboa

CHO logo

O CHO - Centro Hospitalar do Oeste estabeleceu dois protocolos de cooperação com o Centro Hospitalar Psiquiátrico de Lisboa (CHPL), que visam facilitar e agilizar o acesso dos utentes às consultas médicas e exames complementares de diagnóstico e terapêutica no âmbito da psiquiatria e saúde mental.

Em comunicado enviado ao ALVORADA, a empresa responsável pela gestão dos três hospitais públicos da nossa região refere que “nos últimos anos, devido à ausência da valência de psiquiatria na Unidade de Torres Vedras, a prestação de cuidados de saúde mental em internamento e em ambulatório à população da área geográfica desta unidade hospitalar tem vindo a ser assegurada pelo CHPL, através do Núcleo de Intervenção Comunitária de Torres Vedras (NIC - Torres Vedras)”. Contudo, devido à alteração do estatuto jurídico do CHO em 2018, que passou a EPE (Empresa Pública Empresarial) e a contratação de um maior número de médicos psiquiatras, “foi exequível implementar um novo modelo de funcionamento, mais eficiente, complementar e integrado”.

Neste momento está a decorrer a transferência progressiva da prestação de cuidados de psiquiatria e de saúde mental que tem vindo a ser assegurada pelo CHPL para o CHO, abrangendo a população dos concelhos de Torres Vedras, Cadaval e Lourinhã.

Para além deste protocolo, foi também firmado um acordo que permite aos utentes do Núcleo de Intervenção Comunitária de Torres Vedras (NIC Torres Vedras) do CHPL a realização de exames complementares de diagnóstico e terapêutica das especialidades de Patologia Clínica, Imagiologia e Cardiologia na Unidade de Torres Vedras do CHO.

“Para o Centro Hospitalar do Oeste, a implementação destes protocolos traduz-se numa oportunidade de articulação entre os Hospitais do Serviço Nacional de Saúde, visando o aproveitamento da capacidade instalada, física e de recursos humanos, de forma a responder, oportuna e adequadamente, às necessidades em saúde dos utentes da região Oeste, designadamente na área da psiquiatria e saúde mental”, conclui a instituição liderada por Elsa Baião.

O Centro Hospitalar do Oeste integra os hospitais de Caldas da Rainha, Torres Vedras e Peniche, tendo uma área de influência constituída pelas populações dos concelhos de Caldas da Rainha, Óbidos, Peniche, Bombarral, Torres Vedras, Cadaval e Lourinhã e de parte dos concelhos de Alcobaça e de Mafra.

Texto: ALVORADA