Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Vencedores do World Press Cartoon conhecidos no dia 17 nas Caldas da Rainha

World Press Cartoon

O vírus SARS-CoV-2, as ‘fake news’ e a derrota de Donald Trump são os temas em destaque na edição 2021 do World Press Cartoon, cujos prémios vão ser entregues no dia 17, nas Caldas da Rainha.

A 16.ª edição do maior salão internacional de desenho e caricatura conta, este ano, entre as obras nomeadas, com trabalhos de Konstatin Kazanchev (Ucrânia), David Rowe (Austrália), Alejandro Becares (Argentina), Mariagrazia Quaranta (Itália), Agim Sulaj (Albânia), Goran Divac (Sérvia), Darío Castillejos (México), André Carrilho (Portugal) e Ivan Mata (Espanha), divulgou hoje a organização.

O certame que anualmente distingue os melhores cartoons e caricaturas publicadas pela imprensa e ‘sites’ nacionais e internacionais põe este ano em destaque temas como o coronavírus, as chamadas ‘notícias falsas’ e Donald Trump, o ‘derrotado’, refere uma nota às redacções.

A gala de entrega dos prémios vai realizar-se no dia 17, no Centro Cultural e de Congressos (CCC) das Caldas da Rainha, onde serão conhecidos os nove vencedores das três categorias a concurso: Cartoon Editorial, Desenho de Humor e Caricatura.

Os trabalhos foram escolhidos entre 311 caricaturas, cartoons editoriais e desenhos de humor que foram avaliados pelo júri e que a organização considera fazerem “a história de todo um ano, olhares de diferentes culturas, obras em que os cartoonistas retratam e criticam o andar do mundo com a acutilância do sorriso”.

No certame estão representadas publicações de 49 países. As obras ficarão patentes ao público no CCC, numa exposição que será inaugurada nessa mesma noite, após o espectáculo Os trabalhos expostos foram selecionados por um júri internacional que se reuniu nas Caldas da Rainha, em Abril, e que integrou, para além do director do salão, o português António Antunes, Christine Traxeler (França), Jugoslav Vlahovic (Sérvia), Leonardo Gutierrez (Venezuela) e João Alpuim Botelho (Portugal). A exposição estará aberta ao público, com entrada livre, até ao dia 17 de Outubro. O WPC realiza-se nas Caldas da Rainha desde 2017 e conta com o apoio da autarquia.

Texto: ALVORADA com agência Lusa