Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

OesteCIM lança projecto ‘Oeste Adapta’ para que municípios tenham respostas para as alterações climáticas

Oeste Adapta OesteCIM

O projecto ‘Oeste Adapta’ - Planeamento da Adaptação Climática Municipal da Região Oeste’ foi lançado oficialmente esta segunda-feira pela OesteCIM - Comunidade Intermunicipal do Oeste, revelou estar tarde a instituição regional sediada nas Caldas da Rainha. Este projecto tem como parceiros o CEDRU - Centro de Estudos e Desenvolvimento Regional e Urbano, Lda. e o Vestlandsforsking (Western Norway Research Institute). Este projecto recebeu financiamento do fundo EEA Grants, mecanismo financeiro do espaço económico europeu da Islândia, o Liechtenstein e a Noruega.

Este projecto tem como objectivo reduzir as disparidades sociais e económicas na Europa, reforçando as relações bilaterais com os Estados beneficiários. A OesteCIM recebeu uma comparticipação de 198.594 euros do fundo EEA Grants, estando orçado em 233.640 euros e tem como principal objectivo desenvolver Planos Municipais de Adaptação às Alterações Climáticas para todos os 12 municípios do Oeste. De acordo com o projecto, “no âmbito do Programa Ambiente, Alterações Climáticas e Economia de Baixo Carbono, uma das áreas a privilegiar está relacionada com os instrumentos de adaptação e o desenvolvimento de medidas de adaptação ao nível local, seguindo uma abordagem integrada entre os diversos sectores observados pela Estratégia Nacional de Adaptação às Alterações Climáticas (ENAAC) 2020”.

O lançamento do projecto ocorreu com o primeiro ‘workshop’ de capacitação técnica de apresentação do programa metodológico dos Planos Municipais de Adaptação às Alterações Climáticas, da estrutura do programa de capacitação e identificação de necessidades de informação. Esta reunião decorreu ‘online’, via plataforma ‘zoom’, tendo contado com a participação de técnicos municipais e técnicos da OesteCIM. Do programa constou vários pontos, nomeadamente: adaptação local às alterações climáticas: evolução, conceitos e objectivos; Planos Municipais de Adaptação às Alterações Climáticas: objectivos, faseamento e componentes; Programa de capacitação; Metodologia de elaborção dos pianos municipais de adaptação - Articulação Institucional; Programa de comunicação e sensibilização; e próximos passos.

Em comunicado enviado ao ALVORADA, a OesteCIM destaca que este projecto do Programa EEA Grants Ambiente, Alterações Climáticas e Economia de Baixo Carbono, operado pela Secretaria-Geral do Ambiente e Acção Climática, “tem por objectivo dotar os Municípios do Oeste de instrumentos de promoção da adaptação climática e de recursos humanos preparados para assegurar a sua implementação e monitorização, mas também de comunidades locais informadas e preparadas”.

Texto: ALVORADA