Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Torres Vedras: Assembleia da República homenageia autarca Carlos Bernardes

Assembleia da Republica

O Parlamento homenageou hoje o presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras, Carlos Bernardes, que morreu na segunda-feira, recordando “a sua incansável dedicação e serviço em prol da causa pública”.

Os deputados aprovaram, por unanimidade, um voto de pesar apresentado e lido por Ana Catarina Mendes, líder parlamentar do PS, partido a que pertencia o autarca.

“Carlos Bernardes deixa uma imensa saudade. E a sua incansável dedicação e serviço em prol da causa pública, e todo o trabalho desenvolvido ao longo do seu percurso político, deixa-nos um legado e ficará para sempre na memória de todos nós”, lê-se no texto do voto aprovado.

O presidente da Câmara de Torres Vedras, que morreu na segunda-feira, tinha 53 anos, era formado em turismo e liderava o município desde 2015, depois de um percurso autárquico em que se destacou pela aposta no ambiente. Funcionário público desde 1988, iniciou a vida autárquica na Junta de Freguesia do Turcifal, no concelho de Torres Vedras, onde exerceu o cargo de secretário entre 1989 e 1997. Em 2015, assumiu o cargo de presidente do executivo camarário de Torres Vedras, quando o então presidente Carlos Miguel renunciou ao mandato para assumir funções no Governo do PS.

Carlos Bernardes foi hoje sepultado no cemitério do Turcifal, tendo as cerimónias fúnebres decorrido durante a manhã em Torres Vedras, às quais compareceram, entre outras figuras, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e o Primeiro-Ministro, António Costa. A missa de corpo presente foi presidida pelo Cardeal-Patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente, tendo posteriormente seguido o cortejo deste a Igreja da Graça até aos Paços do Município, acompanhado por milhares de pessoas que encheram as ruas da cidade, onde foi guardado um minuto de silêncio, seguido de uma salvas de palmas.

O Município de Torres Vedras decretou cinco dias de luto no concelho pela morte do autarca e a OesteCIM - Comunidade Intermunicipal do Oeste decretou três dias de ‘luto intermunicipal’, que foi adoptado nos restantes 11 concelhos da nossa região.

Texto: ALVORADA com agência Lusa
Fotografia: Paulo Ribeiro/ALVORADA (arquivo)