Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Centro Hospitalar do Oeste recebeu 14 camas elétricas da iniciativa ‘Aconchegar’

camaseletricascho

O Centro Hospitalar do Oeste (CHO) recebeu esta manhã, dia 18, 14 camas articuladas elétricas, uma acção da iniciativa ‘Aconchegar’, no âmbito do seu projecto de cariz social. Estas camas hospitalares serão instaladas no Serviço de Medicina B da Unidade de Torres Vedras, transformado numa enfermaria dedicada ao tratamento de doentes internados com Covid-19.

Num comunicado enviado ao ALVORADA, o CHO revela que as novas camas elétricas “irão substituir as actualmente existentes, que são camas de ferro, manuais, de difícil manuseamento e já deterioradas”. Estes novos equipamentos irão permitir “uma maior comodidade e segurança dos utentes”, sendo mais adequados às suas necessidades terapêuticas durante o processo de recuperação no internamento. Por outro lado, “irão agilizar o trabalho dos profissionais com maior eficácia, celeridade e segurança”.

O projecto ‘Aconchegar’ (http://aconchegar.pt/) nasceu como resposta à necessidade de levar conforto a quem mais precisa, e é coordenado pela Fundação São João de Deus e pela Associação Nacional de Parceiros Microsoft, contando com o apoio de um número alargado de embaixadores do sector empresarial e da sociedade civil.

O Conselho de Administração do CHO agradece a generosidade da iniciativa ‘Aconchegar’, que nesta fase pandémica, “assume grande importância na melhoria da prestação de cuidados de saúde de qualidade e segurança aos utentes, e na motivação dos profissionais deste Centro Hospitalar”.

Com a oferta destes equipamentos, o CHO dá continuidade à renovação do seu mobiliário hospitalar. Em 2020 foram adquiridas 63 camas elétricas, o que representou um investimento de 97.612 euros.

O CHO integra os hospitais das Caldas da Rainha, Torres Vedras e Peniche, tendo uma área de influência constituída pelas populações dos concelhos das Caldas da Rainha, Óbidos, Peniche, Bombarral, Torres Vedras, Cadaval e Lourinhã e de parte dos concelhos de Alcobaça e de Mafra.

Texto: ALVORADA
Fotografia: Direitos Reservados