Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Internamento para mulher suspeita de violência doméstica sobre a mãe em Peniche

tribunal de peniche

O Tribunal de Peniche converteu uma medida de coação de prisão preventiva em internamento a uma mulher suspeita de violência agravada sobre a mãe de 83 anos, relata hoje a Procuradoria-Geral Regional de Coimbra na sua página na Internet.

A arguida, de 42 anos, vai aguardar julgamento em prisão preventiva, substituída por internamento preventivo em hospital psiquiátrico, depois de ter sido ouvida em primeiro interrogatório na quinta-feira no Tribunal de Peniche. A alegada agressora, que padece de psicose esquizofrénica e é consumidora diária de bebidas alcoólicas, "molestou física, verbal e psicologicamente a vítima, no interior da residência comum".

Os factos foram cometidos entre Novembro de 2019 e 15 de Janeiro de 2021, período em que "a arguida diariamente exigia que a mãe lhe entregasse dinheiro para comprar bebidas alcoólicas e, sempre que a mesma recusava, desferia-lhe empurrões e partia diversos objectos em casa". A arguida também "insultava a vítima, puxava-lhe os cabelos, torcia-lhe os braços, desferia-lhe murros, apontava-lhe facas, ameaçava matá-la e atingiu-a na cara com um balde contendo fezes", relata ainda a PGR.

Texto: ALVORADA com agência Lusa
Fotografia: Direitos Reservados