Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Deputados do PSD defendem reforço do atendimento aos utentes do Hospital das Caldas da Rainha

hospitalcaldasrainha

Um grupo de nove deputados do PSD pretendem saber quando é que o Governo irá proceder ao reforço de pessoal no Hospital das Caldas da Rainha. Numa pergunta dirigida à ministra da Saúde, Marta Temido, os parlamentares social-democratas criticam a “sobrelotação e a escassez de recursos humanos do serviço de urgência da unidade de Caldas da Rainha do Centro Hospitalar do Oeste”, situação que, alertam, está a pôr em causa “o atendimento dos utentes do Serviço Nacional de Saúde que residem naquela região”.

O requerimento ao Governo, assinado pelos deputados, entre os quais o caldense Hugo Oliveira, também vice-presidente do executivo camarário da edilidade da cidade termal, destaca que “as obras de remodelação e ampliação do serviço de urgência médico-cirúrgica da Unidade das Caldas da Rainha já deveriam ter terminado há cerca de um ano, levando a uma sobrelotação que fere os mais nobres princípios de dignidade daqueles que ‘desesperam’ durante horas e ou dias em macas nos corredores”.

O documento do PSD, que o ALVORADA teve acesso, refere ainda que determinados serviços, como o de Ortopedia em carácter de urgência, que, perante a incapacidade de resposta aos utentes, levou a que esta valência médica passasse a ser assegurada pela unidade hospitalar de Torres Vedras. “Mas também o Serviço de Urgência Médico-Cirúrgica (SUMC) dessa mesma unidade de Caldas da Rainha tem estado transitoriamente incapacitado de receber doentes urgentes/emergentes, por sobrelotação, o que acarretou inclusivamente a retenção de macas de Bombeiros e obrigou ao redireccionamento e encaminhamento das situações para outras instituições”, apontam os deputados.

Neste requerimento parlamentar, o PSD pergunta se o Governo tem conhecimento da situação de sobrelotação do serviço de urgência da unidade hospitalar das Caldas da Rainha e que medidas tenciona adoptar para aumentar a capacidade de atendimento do serviço e em que prazos. As outras duas perguntas dirigidas à responsável governamental do Ministério da Saúde passam por saber qual o reforço de pessoal necessário para este hospital oestino, especialmente para o respectivo serviço de urgência e para quando está prevista a concretização desse reforço, para além de questionar para a data prevista para a conclusão das obras de remodelação e ampliação do serviço de urgência médico-cirúrgica da Unidade das Caldas da Rainha.

Para além de Hugo Oliveira, subscrevem este pedido de informação os deputados social-democratas eleitos pelo distrito leiriense Margarida Balseiro Lopes, Olga Silvestre, João Gomes Marques e Pedro Roque, bem como pelos deputados Cláudia Bento (Vila Real), Fernanda Velez (Setúbal), Ofélia Ramos (Faro) e António Maló de Abreu (Coimbra).

Texto: ALVORADA
Fotografia: Sofia de Medeiros/ALVORADA (arquivo)