Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Oeste: Fórum de Turismo Interno ‘Vê Portugal’ adiado para 2021 devido à Covid-19

Forum Turismo do Centro

A Comissão Organizadora do Fórum de Turismo Interno ‘Vê Portugal’ decidiu adiar a sétima edição do evento para o próximo ano, nas Caldas da Rainha, em data a agendar oportunamente, foi anunciado esta manhã em comunicado. A sétima edição desta iniciativa, organizado pela Turismo Centro de Portugal e pelo Município das Caldas da Rainha, iria realizar-se entre os dias entre 28 de Setembro e 1 de Outubro, no Centro Cultural e de Congressos das Caldas da Rainha.

Trata-se do segundo adiamento do Fórum de Turismo Interno ‘Vê Portugal’ devido à Covid-17. Inicialmente este evento foi agendado para decorrer entre 4 e 7 de Maio nas Caldas da Rainha. Contudo, face ao agravamento da pandemia, a comissão organizadora optou por fixar uma nova data, de 28 Setembro a 1 Outubro, que foi hoje anulada. A decisão tomada na altura pelo Turismo Centro de Portugal e pela Câmara Municipal da Caldas da Rainha e fica a dever-se, segundo explica em comunicado enviado ao ALVORADA, “à pandemia de Covid-19 que se verifica por todo o mundo e cientes da responsabilidade que o momento a todos exige”. Recorde-se que, aquando da apresentação do evento à comunicação social, no passado dia 10 de Março, tanto Pedro Machado como Tinta Ferreira, presidentes do Turismo do Centro Portugal e da Câmara Municipal das Caldas da Rainha, respectivamente, estavam esperançados que não haveria necessidade de alterar a data do evento e que, o mesmo, seria para relançar o sector após a passagem da pandemia da Covid-19 por Portugal.

O adiamento da iniciativa prende-se novamente com o actual contexto da pandemia de Covid-19, “que implicaria um necessário conjunto de medidas de protecção sanitária, com reflexos negativos no espírito de ‘networking’, um dos principais activos deste evento”. Numa nota enviada ao ALVORADA, o Turismo Centro de Portugal destaca que “a inibição de deslocação de muitos convidados internacionais e a redução do número de participantes seriam também consequências inevitáveis, que afectariam a dinâmica do evento. Também as temáticas dos diferentes painéis teriam de ser revistas e adaptadas à nova realidade que vivemos, em particular no setor turístico”.

Desta forma, a organização liderada por Pedro Machado conclui que “perante estes factores de peso e com fortes implicações no evento, a organização considera que não estão reunidas as condições para a realização do ‘Vê Portugal’ em 2020 dentro dos parâmetros desejáveis”. Será assim o primeiro ano em que esta iniciativa não se realiza, depois de passar anualmente, a partir de 2014, por Viseu, seguindo-se as edições em Aveiro, Coimbra, Leiria, Guarda e Castelo Branco, “sempre com sucesso crescente”.

O Turismo Centro de Portugal é a entidade que estrutura e promove o turismo na Região Centro do país. Esta é a maior área turística nacional, abrangendo 100 municípios, entre os quais os 12 que integravam a Região de Turismo do Oeste.

Realizando-se pela primeira vez na região Oeste, depois de ter passado por todas as capitais de distrito do território do Turismo Centro de Portugal, a grande novidade da edição deste ano seria o primeiro dia dedicado a contactos entre profissionais do sector. O programa alargado contava com a realização de uma bolsa de contactos ‘One-To-One Meetings’ e de uma visita guiada ao território oestino. Este ano, aquando da inscrição, era solicitada uma doação, de um valor à escolha, para o 'Projecto Criar Bosques', desenvolvido pela organização ambientalista Quercus.

Texto: ALVORADA
Fotografia: Sofia de Medeiros/ALVORADA (arquivo)