Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Região Oeste acolhe Encontro Europeu de Jovens Lusodescendentes

Cap Magellan 1

A associação Cap Magellan decidiu organizar o seu encontro europeu anual de jovens lusodescendentes a região Oeste, entre os dias 10 e 14 de Agosto, revelou a organização ao ALVORADA. O evento, que terá como tema ‘Incluir a diferença: favorecer a empregabilidade de todos os jovens na Europa’, enquadra-se nas comemorações oficiais do Dia internacional de Juventude que se assinala a 12 de Agosto. Fundada em Paris a 24 de Novembro de 1991, a associação Cap Magellan é a primeira e maior associação de jovens luso-descendentes, lusófonos que partilham o mesmo desejo de promover a língua portuguesa e a cultura lusófona.

Este encontro europeu vai contar com a participação de 50 jovens lusodescendentes e animadores de juventude em Portugal durante cinco dias, oriundos de oito países: França, Portugal, Espanha, Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, e Reino Unido. Segundo a organização, este encontro vai procurar “valorizar o bilinguismo, a dupla-cultura e a multiculturalidade que têm em comum muitos dos jovens e animadores de juventude lusodescendentes presentes. Mas será também dar respostas aos jovens para quem procurar emprego é mais difícil: os jovens com deficiências, os jovens morando nas zonas rurais, os jovens NEET (Não na Educação, Emprego ou Formação), os imigrantes e os requerentes de asilo”.

O objectivo deste encontro, que vai reunir meia centena de participantes, é de criar uma rede europeia de animadores de juventude lusodescendentes e lusófonos, pessoas que trabalhem com os jovens e que estão em contacto com pessoas activas na política, associações e empresas originárias de vários países para comunicar e partilhar experiências individuais e colectivas. “Assim cada jovem receberá uma formação composta por seminários e actividades informais, que tratarão de empregabilidade. Além disso, será construído um projecto de inserção profissional destinado aos jovens refugiados da região, em parceria com uma empresa local e associações portugueses que tratam dessa realidade”, destaca ainda a organização do encontro.

Sendo uma actividade co-financiada pela União Europeia, através do Programa Erasmus+, os participantes receberão um certificado europeu que reconhecerá as competências que adquiriram neste encontro. São organizações parceiras neste encontro: Alemanha - ASPPA (Associação dos pós-graduados portugueses na Alemanha); Áustria/África - ADYFE (African Diaspora Youth Forum in Europe); Bélgica - FLD (Forca Luso-Descendente); Dinamarca - Portugisisk Forening i Danmark; Espanha - AECT Duero-Douro - Agrupacion Europea de Cooperacion Territorial Duero Douro; Portugal - CNJ (Conselho Nacional da Juventude Portuguesa, plataforma representativa das instituições de juventude com o Estado); Intercultura - AFS Portugal; Bue Fixe; CNJ - Conselho Nacional da Juventude de Portugal; Solsef - Sol Sem Fronteiras; Reino Unido Native Scientist; PARSUK - Portuguese Association of Researchers and Students in the United Kingdom. Os participantes ficarão alojados na Pousada de Juventude de Alfeizerão (Alcobaça).

A Cap Magellan é uma associação pioneira em vários projectos e acções que valorizam as vantagens de uma dupla-cultura numa sociedade em plena mutação. Com mais de 30.000 contactos directos e uma rede nas universidades francesas, assume um papel de defesa das realidades e necessidades dos lusodescendentes. Dos primeiros fóruns franco-portugueses sobre a educação, a cultura e o emprego, desde 1992, passando pelos concertos com músicos lusófonos nas principais salas parisienses desde 1993 - como o concerto do grupo Resistência no Bataclan em Janeiro de 2017 para os 25 anos da Cap Magellan -, as campanhas de cidadania e de segurança rodoviária, as campanhas de divulgação do ensino superior português e presença nos maiores certames de estudantes em França, os ‘Rally Paper’s’, as Queimas das Fitas em Paris, as publicações mensais e anuais como o CAPMag e o Guia de Verão em Portugal, e a co-organização da Gala celebrando a I República de Portugal, no Hôtel de Ville em Paris, dedicada à comunidade lusófona. A associação participa activamente na vida da comunidade franco-portuguesa e lusófona em França nas áreas da juventude, do emprego, da cultura e da cidadania e assume o papel de representante em Portugal da lusodescendência com a presença no Conselho de Administração do Conselho acional de Juventude, por exemplo. Mais recentemente lançou ainda os Estados Gerais da Lusodescendência, uma rede que reúne uma centena de associações franco-portuguesas e um úmero idêntico de estruturas ligadas ao ensino da língua portuguesa, uma rede comprometida, em conjunto, a lançar campanhas nacionais de promoção da língua portuguesa e de cidadania.

Texto: ALVORADA