Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

COVID-19: sobe para 73 os doentes positivos no Oeste com novos casos em Peniche e Torres Vedras

Covid 19 7

São agora 73 os doentes com a Covid-19 na nossa região, face aos quatro novos casos, cujas análises foram positivas: Peniche (3) e Torres Vedras (1).

A situação epidemiológica da nossa região, feito pela OesteCIM - Comunidade Intermunicipal do Oeste, às 19h00 neste domingo, era a seguinte: Torres Vedras (23), Caldas da Rainha (14), Alenquer (10), Alcobaça (7), Peniche (7), Bombarral (3), Cadaval (3), Nazaré (2), Lourinhã (2) Óbidos (1) e Arruda dos Vinhos (1). O concelho de Sobral de Monte Agraço é o único que não regista, até ao momento, nenhum doente infectado.

Recordamos que as 12 Câmaras Municipais do Oeste fazem um tratamento diferente na divulgação pública da informação, algumas das quais, nesta fase, optam pelo silêncio, em contraste com outras que dão alguma ou quase toda a informação numérica sobre o evoluir da pandemia nos seus territórios.

Quanto ao concelho da Lourinhã, mantém-se o número de dois doentes com a Covid-19 que residem nas freguesias do Reguengo Grande e do Vimeiro. Não foi emitida mais nenhuma informação adicional em relação a este domingo. A informação de ontem, da autarquia, dava conta de 72 pessoas com alta de vigilância, 23 das quais de vigilância activa. Até então tinham sido contactadas 178 pessoas na investigação dos casos relacionados com a Covid-19.

De acordo com a Câmara Municipal de Peniche, que reporta a situação epidemiológica às 18h00, são sete (mais três) os doentes com análises positivas do novo coronavírus, distribuídos pelas quatro freguesias: Peniche (2), Serra D’El Rei (2), Ferrel (2) e Atouguia da Baleia (1). Recorde-se que foi neste concelho que se registou o único óbito na região Oeste. Há ainda a registar um caso positivo (menos um) referente a um não-residente e que conta para a estatística de outro concelho. Estão ainda 39 pessoas (menos duas) em quarentena e 30 (mantém-se) em vigilância pelas autoridades, segundo a autarquia. Contudo, dados avançados hoje pelo CDOS - Centro Distrital de Operações de Socorro de Leiria, com base na informação do ACES - Agrupamento dos Centros de Saúde Oeste Norte, são 119 (mais nove) os casos que estão em vigilância pelas autoridades.

Em comunicado enviado ao ALVORADA, o Município de Torres Vedras confirma a existência de 23 casos (mais um) confirmados da pandemia da Covid-19, que se encontram a ser acompanhados pelas autoridades de saúde. A distribuição dos doentes pelas freguesias do concelho faz-se da seguinte forma: Santa Maria, São Pedro e Matacães (9); São Pedro da Cadeira (5); Silveira (3); União das Freguesias de A dos Cunhados e Maceira (2); Ponte do Rol (1); União das Freguesias de Carvoeira e Carmões (2); e Freiria (1). Existem 18 casos suspeitos (menos 12 que ontem) que se encontram a aguardar os resultados laboratoriais e 74 contactos (mais quatro que ontem) sob vigilância activa das autoridades de saúde.

A Câmara Municipal de Alenquer informa que tem mais um doente confirmado, elevando-se para 10: União de Freguesias de Alenquer (6); União de Freguesias de Abrigada e Cabanas de Torres (2); Aldeia Galega da Merceana e Aldeia Gavinha (1); e Carregado e Cadafais (1). O novo caso diz respeito a uma mulher, profissional de saúde, que terá sido infectada em serviço num hospital em Lisboa, mantendo-se confinada em sua casa onde faz a recuperação. Não há casos suspeitos segundo a autarquia.

O concelho do Cadaval continuava com três casos positivos. Hoje não são avançados nenhuns dados sobre a situação no concelho pelo município.

O concelho de Alcobaça tem sete doentes infectados. O Município continua sem revelar qualquer informação. O CDOS de Leiria informa que o número de pessoas que estão em vigilância pelas autoridades disparou para 252 (mais 25).

A Câmara Municipal de Arruda dos Vinhos não publicou nenhuma informação sobre o concelho, que continua com um caso positivo mas desconhece-se o resto da situação epidemiológica.

O Município de Sobral de Monte Agraço continua a ser o único concelho sem casos positivos. O relatório de hoje dá conta de 16 (mais dois) pessoas contactadas pelas autoridades na investigação à Convid-19, oito com vigilância alta e oito (mais dois) em isolamento com vigilância activa (incluindo quatro - mais um - doentes que estão internados no Hospital Beatriz Ângelo, em Loures).

A Câmara Municipal das Caldas da Rainha informa que há 14 doentes do novo coronavírus, que se encontram assim distribuídos: Freguesias de Nª Srª do Pópulo, Coto e São Gregório (6), Santa Catarina (5), Tornada e Salir do Porto (2); e Santo Onofre e Serra do Bouro (1). Não são avançados mais dados. Mas o CDOS de Leiria revela que há 94 (mais cinco) pessoas em vigilância pelas autoridades.

O Município de Óbidos não se pronuncia sobre a situação epidemiológica no concelho, onde existe um caso positivo, partilhando apenas o ‘post no Facebook da OesteCIM. Mas o CDOS de Leiria adianta que há 25 (mais duas) pessoas que estão em vigilância pelas autoridades.

Quanto ao Município do Bombarral, que anteontem informou a existência do terceiro caso positivo (quanto a OesteCIM ao longo de dois informou que eram quatro e só hoje actualizou para três), não revela hoje nenhum relatório sobre a situação de saúde da Covid-19. O CDOS de Leiria adianta que há 38 (mais sete) pessoas em vigilância pelas autoridades.

A Câmara Municipal da Nazaré confirma a existência de dois casos positivos. Mas não revela mais nenhuma informação. O CDOS de Leiria diz que há neste concelho 54 (mais 14) pessoas em vigilância pelas autoridades.

A fase de mitigação da pandemia do Covid-19 que está em vigor corresponde ao nível de alerta e de resposta mais elevado, segundo o Plano Nacional de Preparação e Resposta da Direcção-Geral da Saúde. Esta fase é activada quando as cadeias de transmissão estão estabelecidas no país, tratando-se de uma situação de epidemia activa.

Texto: ALVORADA