Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Só falta a pintura para a conclusão das obras na Conservatória da Lourinhã

Conservatoria da Lourinha

Apesar de ter reaberto ao público esta segunda-feira a Conservatória da Lourinhã, depois do encerramento pontual ocorrido na última sexta-feira, só falta mesmo a pintura das paredes por uma empresa da especialidade, aprazada para o final do mês, para que fique concluído o conjunto de obras de melhoramentos no rés-do-chão do Palácio da Justiça. Os trabalhos, que incluíram a renovação do espaço de atendimento deste serviço estatal, estão orçados em cerca de 20 mil euros e foram realizados no âmbito de um acordo celebrado entre o IRN - Instituto dos Registos e do Notariado, organismo do Ministério da Justiça, e o Município da Lourinhã e União das Freguesias de Lourinhã e Atalaia.

O projecto desta empreitada é da responsabilidade do Município da Lourinhã, que contou com o apoio da União das Freguesias de Lourinhã e Atalaia para a concretização das obras. Segundo uma nota municipal publicada a sua página na internet, “esta requalificação encontra-se agora em fase de finalização, permitindo desde já que utentes e funcionários usufruam de um espaço mais acolhedor, amplo, acessível e cómodo”.

Os trabalhos incluíram a ampliação do espaço, tendo sido unidas as antigas instalações do Registo Civil às instalações da Conservatória do Registo Civil, Predial, Comercial e Automóvel, com óbvios benefícios para os funcionários e para os utentes. A empreitada foi executada, nos dias úteis, entre as 17h00 e as 00h00, e ao sábado, para não causar constrangimentos no normal funcionamento dos serviços, tendo apenas sido encerrados os serviços na última sexta-feira para a concretização dos trabalhos.

Recorde-se que o acordo para a realização destas obras foi assinado no passado dia 2 de Agosto do ano passado, durante uma cerimónia que decorreu nos Paços do Município da Lourinhã, tendo contado na ocasião com a presença da presidente do Conselho Directivo do IRN, Filomena Rosa. Para a realização desta empreitada foi necessário ao IRN obter a autorização do Instituto de Gestão Financeira e Equipamentos da Justiça.

Texto: ALVORADA
Fotografia: CML