Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Login

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Vimeiro encheu-se de visitantes para assistirem às recriações militares evocativas da primeira invasão francesa

Batalha do Vimeiro 8

Milhares de pessoas voltaram a assistir às duas encenações militares protagonizadas pelas duas centenas de participantes dos grupos de nacionais e internacionais que marcam presença na edição deste ano da ‘Recriação Histórica & Mercado Oitocentista’ do Vimeiro. Ontem à noite ocorreu o combate nocturno no Campo de Batalha e esta manhã o combate pelas ruas da aldeia, seguido do assalto à Igreja do Vimeiro. Estes são os momentos mais espectaculares do programa e que atraem muitas pessoas que fazem questão de acompanhar a evocação histórica de um conflito que em 1808 contribuiu decisivamente para colocar um ponto final na primeira invasão francesa.

Recorde-se que participam este ano, pelos portugueses, o Grupo de Reconstituição Histórica do Município de Almeida, a Associação Portuguesa de Recriação Histórica (Brigada de Artilharia Naval e Guerra), a Associação de Cultura e Recreio 13 de Setembro de 1913 (Guerrilha de Montagraço) e o Grupo de Recriação Histórica da Associação para a Memória da Batalha do Vimeiro. Quanto aos grupos internacionais, de França vem o grupo Effectif de la Musique de Saint-Lys, e, de Espanha, os grupos Asociación Cultural Urgull Histórico, Asociacion Historico Cultural Voluntarios de Madrid, Anadia Kultur Elkartea, Asociación de Infanteria Britanica Reg. 28 de Arroyo Molinos, 34th The Border Regiment de Arroyo Molinos, Asociación de Recreación Histórico Cultural de Asturias (ARHCA) e o grupo Recreadores de Galicia. Inglaterra estará representada pelo grupo The Kings German Legion.

O programa deste domingo, último dia do certame, começou com o hastear das bandeiras junto ao Monumento Comemorativo do 1º Centenário, pelas 10h00, seguindo-se, meia hora depois, da abertura do Mercado Oitocentista. Às 11h00 teve início o encontro do Grupo ‘Oeste Sketchers’ (a decorrer ao longo do dia), a actividade infantil ‘Marcadores com História’ e, depois da encenação histórica da batalha, a cerimónia de homenagem aos mortos em combate junto do Monumento Comemorativo do 1º Centenário.

Durante a tarde decorre o Jogo de Exploração ‘Em busca do Segredo de Napoleão e Wellington’, para o público mais jovem, a par da construção de jogos e brinquedos tradicionais. Para as 15h00 foi agendada a entrega de prémios do concurso escolar ‘1769–2019: 250 anos do nascimento de Napoleão e Wellington’, junto ao Monumento Comemorativo do 1º Centenário da Batalha.

Para as 15h30 foi programado o Workshop de Pintura de Miniaturas Napoleónicas, no CIBV – Centro de Interpretação da Batalha do Vimeiro, a par dos Jogos de Guerra do Período Napoleónico. Para as 16h00 foram marcadas manobras militares livres pelo Grupo de Recriação Histórica Associação para a Memória da Batalha do Vimeiro, no Acampamento Militar, à mesma hora em que, no CIBV, iniciou-se o recital pelo Dueto Estillus.

O workshop de modelagem de barro, na zona infantil, e outro de pintura pelo Oeste Sketchers, na zona infantil, a par do concerto da Orquestra Ligeira do Exército, no Palco Wellington, pelas 17h00, e jogo de cartas de pares, meia hora depois, completam o programa deste último dia do certame. Para as 19h00 está agendado o último acto oficial deste ano: cerimónia do arriar das bandeiras pelo Grupo de Recriadores da Associação para a Memória da Batalha do Vimeiro. Local junto ao Monumento Comemorativo do 1º Centenário.

Recorde-se que esta iniciativa é realizada pelo Município da Lourinhã em parceria com a Junta de Freguesia do Vimeiro e a Associação para a Memória da Batalha do Vimeiro.

Texto: ALVORADA. Foto: Paulo Ribeiro/ALVORADA.