Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Lourinhã: Festival Livros a Oeste regressa de 11 a 15 de Maio em versão digital

LivrosOeste2019 1

O Festival Literário Livros a Oeste regressa entre 11 e 15 de Maio, apenas em formato digital, anunciou hoje a Câmara Municipal da Lourinhã. O anúncio foi feito no dia em que os equipamentos culturais municipais reabrem ao público.

Em comunicado enviado ao ALVORADA, a edilidade informa que, depois de ter cancelado o evento no ano passado devido à pandemia, a edição deste ano, exclusivamente ‘online’, será transmitida através dos canais das redes sociais “para um reencontro com o público”. “Este evento, que patenteia já uma referência na programação cultural da Região Oeste, congregando manifestações artísticas de diversas áreas em torno do livro e da leitura, com uma especial atenção para o público escolar, trará uma programação abrangente e diversificada, a ser divulgada em breve”, promete o município.

No comunicado da autarquia é feito o balanço da actividade cultural desenvolvida neste período pandémico, evidenciando o arranque, hoje, da segunda edição do festival musical ‘Sons na Minha Terra’, às 21h30, na página de Facebook do Município, com o espectáculo protagonizado pelo projecto ‘A Garota Não’. Esta série de concertos ‘online’, previamente gravados em locais emblemáticos do nosso concelho (Praia de Porto Dinheiro, Miradouro de Pena Seca, Parque de Fonte Lima e Claustros do Convento de Santo António), tem sessões agendadas para a mesma hora nos dias 12, 19 e 26 de Abril com a participação de Jameiratron, Leo Middea e ‘Fado & Acordeão’.

No que respeita à programação digital, a edilidade refere ainda que tem “executado uma política de levar a cultura a casa dos cidadãos, seja através da disponibilização gratuita de ‘links’ para acesso a sessões de cinema para toda a família, peças de teatro para seniores, sessões de yoga infantil ou outras sessões de âmbito genérico, promotoras de acções de cidadania, para o público em geral”.

Sobre os equipamentos culturais municipais, que abriram as portas esta segunda-feira no âmbito das medidas governamentais de desconfinamento gradual no nosso país, tanto a Biblioteca Municipal, como a Galeria Municipal, abrem as portas seguindo todas as directrizes da Direcção-Geral da Saúde, para contenção da pandemia por Covid-19. A autarquia garante, para o efeito, o uso de máscara, distanciamento social, prática da etiqueta respiratória e higienização das mãos. Para além disso, estão implementadas, no local, outras medidas, como por exemplo a definição de circuitos nos espaços ou a redução do número de visitantes, por metro quadrado.

Texto: ALVORADA