Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Município da Lourinhã recolhe testemunhos sobre a escola no âmbito das Jornadas Europeias do Património

escolanalourinha

Iniciaram-se a 25 de Setembro as Jornadas Europeias do Património, promovidas pela Direcção-Geral do Património Cultural, este ano subordinadas ao tema ‘Património e Educação’. A iniciativa pretende sensibilizar para o papel do património na educação e para o papel da educação no património, para a riqueza e para a complexidade desta relação - na literatura, nas artes, nos monumentos, na dança, no teatro, na paisagem, nos jogos, nos museus, na fotografia, nos sítios arqueológicos ou na música, entre muitos outros.

Nesse sentido, o Município da Lourinhã lançou o desafio aos Agrupamentos de Escolas, às IPSS e a toda a comunidade, para procederem à recolha de testemunhos, com o objectivo final de "se criar um pequeno documentário (StoryTelling) sobre a evolução da escola no nosso concelho, assim como de produzir-se um ‘Manifesto’ sobre a escola que temos e a escola que desejamos no território da Lourinhã".

Os testemunhos poderão ser dados através de texto, vídeo, música ou ilustração, para o email Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar., até ao dia 16 de Novembro, Dia Internacional da Tolerância. Esta data foi estabelecida pela Assembleia Geral da ONU, em 1996, com o objectivo de promover o entendimento mútuo.

As celebrações do dia incentivam o respeito às culturas, crenças e tradições dos outros e a compreender os riscos da intolerância. Na Declaração de Princípios sobre Tolerância, adoptada a 16 de Novembro de 1995 pelos Estados-membros da Unesco, lê-se que tolerância não é indulgência nem indiferença e sugere “o respeito e a apreciação da rica variedade das culturas do mundo e formas de expressão”.