Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

COVID-19: GNR registou aumento do tráfego rodoviário no concelho da Lourinhã neste fim-de-semana prolongado

GNR Seixal

A GNR montou uma operação STOP este domingo, ao longo do dia, na EN 247 entre a Lourinhã e Peniche, junto à Igreja do SeixaL, onde controlou todos os veículos que circulavam para dar cumprimento à proibição da deslocação entre concelhos determinada pelo Governo no fim-de-semana prolongado.

O Destacamento de Torres Vedras da GNR, que abrange os postos territoriais da Lourinhã, Sobral de Monte Agraço e Torres Vedras realizou esta operação, tendo contado com o apoio do Município da Lourinhã, através do Serviço Municipal de Protecção Civil, e da União das Freguesias de Lourinhã e Atalaia, que, simultaneamente, aproveitaram a ocasião para sensibilizar os automobilistas para as medidas de combate à pandemia de Covid-19 e ofereceram máscaras comunitárias.

Segundo o comandante do Posto da GNR da Lourinhã, 1º sargento Luís Reis, esta operação serviu para evitar a deslocação desnecessária de pessoas entre concelhos, tendo sido convidados a regressar ao concelho de origem quem não apresentou uma razão válida para a viagem, sob pena de incorrerem na pena de desobediência se fossem fiscalizados novamente pelas autoridades. Até meio da tarde tinham sido notificadas cerca de dezena e meia de pessoas por incumprimento da norma legal. “As pessoas têm acatado as nossas orientações e agradecem este tipo de fiscalização, pelo que têm cooperado connosco”, frisou o responsável, no local, ao ALVORADA.

Notou-se um aumento do trânsito em relação ao período da Páscoa, em que foi determinada uma orientação da proibição da deslocação entre concelhos, tendo contribuído nesse sentido o bom tempo que se fez sentir ao longo deste domingo. O comandante do Destacamento de Torres Vedras da GNR, capitão Paulo Póvoa, referiu ao nosso jornal que houve reforço dos meios para a realização desta operação no concelho da Lourinhã. “Temos tido um grande acolhimento por parte das pessoas na nossa área de actuação nestes três dias”, destacou o militar, que informou que houve também patrulhas a cavalo que realizaram policiamento nas áreas balneares, nomeadamente em Santa Cruz e na Praia da Areia Branca. “Notou-se que há já uma maior circulação de trânsito em todas as nossas operações e houve um aumento ligeiro de pessoas notificadas e, até este domingo, há tínhamos cerca de 70 notificações nos três concelhos, número superior ao verificado na Páscoa”, revelou o oficial ao ALVORADA.

Para Daniel Neves, do SMPC da Lourinhã, há a salientar o trabalho conjunto que tem vindo a ser feito por todos os intervenientes neste processo, que tem permitido que as acções desenvolvidas ao longo desde o início de Março tenham decorrido com sucesso. “Esta operação vem no seguimento do processo que temos vindo a desenvolver, sobretudo ao nível da comunicação do risco, da consciencialização das pessoas e do controlo efectivo porque não podemos baixar os braços. Nessa óptica temos estratégias bem definidas”, destacou o responsável ao nosso jornal.

Esta operação da GNR foi acompanhada, no local, pelo presidente da Câmara Municipal da Lourinhã, João Duarte Carvalho, acompanhado dos vereadores João Serra e José Tomé, pelo presidente da Assembleia Municipal, António Alberto Santos, e pelo presidente do executivo da União das Freguesias da Lourinhã e Atalaia, Pedro Margarido, que, desta forma, associaram-se ao esforço que a GNR e o SMPC têm desenvolvido no combate à pandemia de Covid-19 no nosso concelho.

Texto: ALVORADA
Fotografia: Paulo Ribeiro/ALVORADA