Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Jovens desafiados a ‘fazerem missão’ junto dos idosos no Dia Mundial dos Avós

JMJ em Lisboa

O primeiro Dia Mundial dos Avós e Idosos, instituído pelo Papa Francisco, e que se celebra no próximo domingo, levou ao lançamento de um desafio aos jovens portugueses, para “fazerem missão” junto dos mais idosos neste fim-de-semana.

Por iniciativa da organização da Jornada Mundial da Juventude Lisboa 2023 (JMJ2023) – que se realiza em Lisboa no Verão de 2023, juntando centenas de milhares de jovens de todo o mundo - e das dioceses portuguesas, foi lançada a iniciativa ‘Faz Missão’, que consiste na criação “de um movimento nacional, que seja de modo especial iniciado e visível no fim-de-semana de 24 e 25 de Julho, que junte os jovens aos mais idosos”.

"Desafiamos cada jovem a fazer missão onde quer que esteja, dando assim expressão à mensagem do Papa Francisco para o Dia Mundial dos Avós e dos Idosos: 'O futuro do mundo está na aliança entre os jovens e os idosos. Quem, senão os jovens, pode agarrar os sonhos dos idosos e levá-los por diante?'", informa a organização da JMJ2023, em comunicado. Esta equipa acrescenta que “a proposta deste ‘Faz Missão’ é simples e pretende dar visibilidade à alegria, empenho e responsabilidade de olhar e cuidar dos avós e dos mais velhos, na construção do desejado encontro de gerações".

No âmbito deste movimento, os jovens são convidados a vestir a ‘t-shirt’ da JMJ e “a aproximarem-se de um idoso em sentido de serviço, proximidade, atenção e amor e a registar o momento para o futuro, partilhando-o nas redes sociais, por meio de uma fotografia ou um vídeo, utilizando os hashtags #Lisboa2023 e #Iamwithyoualways”.

"Telefona aos teus avós, conversa à janela com um vizinho mais velho que se encontre sozinho, vai às compras por um idoso que não tenha a família por perto, colabora com o centro de dia da tua paróquia. As possibilidades são inúmeras: convidamos-te a que, olhando para a realidade em que vives, faças aí diferença", exortam a organização da JMJ2023 e as dioceses

Na mensagem que preparou para este dia, o Papa Francisco dirige-se também aos idosos: “Não importa quantos anos tens, se ainda trabalhas ou não, se ficaste sozinho ou tens uma família, se te tornaste avó ou avô ainda relativamente jovem ou já avançado nos anos, se ainda és autónomo ou precisas de ser assistido, porque não existe uma idade para aposentar-se da tarefa de anunciar o Evangelho, da tarefa de transmitir as tradições aos netos. É preciso pôr-se a caminho e, sobretudo, sair de si mesmo para empreender algo de novo”.

Esta iniciativa da JMJ2023 e das dioceses portuguesas insere-se também no programa de ações que os jovens nacionais vão desenvolver no percurso em direção à Jornada que culminará no Verão de 2023 nos terrenos ribeirinhos do Tejo a norte do Parque das Nações, com a presença do Papa.

A Jornada Mundial da Juventude (JMJ), um encontro dos jovens de todo o mundo com o Papa, foi instituída por João Paulo II, em 1985. A primeira edição aconteceu em 1986, em Roma, e desde então a JMJ já passou por Buenos Aires (1987), Santiago de Compostela (1989), Czestochowa (1991), Denver (1993), Manila (1995), Paris (1997), Roma (2000), Toronto (2002), Colónia (2005), Sidney (2008), Madrid (2011), Rio de Janeiro (2013), Cracóvia (2016) e Panamá (2019).

Texto: ALVORADA com agência Lusa