Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Login

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Dr. José Marques da Silva: Um mestre no Direito e na Vida

No passado dia 7 de agosto, partiu para a eternidade o Dr. José Marques da Silva. Não sendo natural de Lourinhã, foi aqui que viveu grande parte da sua vida com a sua família. O Dr. José Marques da Silva, nascido em 1933, completou o curso de Direito da Universidade de Lisboa em 1957 e inscreveu-se como advogado a 18 de julho de 1958. Foi Delegado e Presidente da Delegação da Lourinhã da Ordem dos Advogados, entre 1972 e 1995 e vogal do Conselho Regional de Lisboa, no triénio 1990-1992.

A sua vida como profissional da advocacia, pautou-se sempre pelo extremo conhecimento do Direito, do estudo constante e a sua natural sede de conhecimento levava-o sempre a estar preparado para todas as inovações legislativas e alterações que foram ao longo dos anos surgindo no nosso panorama judicial.

Não só exerceu advocacia na Lourinhã, como foi durante anos Conservador do Registo Civil da Conservatória da Lourinhã, por onde passaram gerações de lourinhanenses para tratarem dos seus assuntos, sendo pessoa estimada e considerada em todo o concelho. Na sua atividade nas Conservatórias do Registo Civil, não se pode esquecer a sua intervenção junto do Registo Civil de Macau e a sua atividade na harmonização dos procedimentos de registo civil.

Todavia, o Dr. José Marques da Silva, além do grande e reconhecido profissional que era, quer como advogado, quer como conservador do registo civil, era um extraordinário homem, com uma sensibilidade enorme para os problemas do Próximo, a quem procurava servir, tendo sempre em conta as dificuldades económicas e pessoais que muitos enfrentavam.

Não era movido pela obtenção do lucro e com a mesma dignidade e empenho tratava dos assuntos, quer de quem tinha capacidade económica, quer dos mais desfavorecidos. O Dr. Marques da Silva pelo seu carácter, inteligência e finura de trato, distingue-se junto dos seus pares como um verdadeiro Mestre. O seu escritório abriu portas a muitos que o procuravam para o estágio da Ordem dos Advogados e sempre com enorme abertura, honestidade e grande pedagogia, ensinou muitos advogados da nossa comarca e de outras comarcas limítrofes. Com a sua sabedoria, não deu aos estagiários o peixe, antes os ensinou a pescar. Não tratava os estagiários com subalternos ou meros aprendizes, ao invés, acolheu, abriu as portas do seu escritório, ensinou a forma de abordar as questões, incentivou a estudar, a assistir a julgamentos, a ter opinião critica, a aprender com os colegas e sobretudo a “ARTICULAR”.

O caminho para o êxito era saber articular os factos e depois fundamentar com o Direito. Ensinou os estagiários a conhecer as realidades, ou melhor, as diversas realidades do concelho, a ir ao terreno, ver as coisas, ver os objetos, conhecer as circunstâncias, as motivações e a não ouvir apenas no escritório o cliente. Estimulou o conhecimento da realidade, a entender o cadastro geográfico, a conhecer as estremas, a verificar e conhecer os locais dos acidentes, incentivou a utilização da máquina fotográfica para melhor ilustrar os factos e sobretudo estimulou os estagiários a estarem sempre atentos às mudanças legislativas e à inovação tecnológica.

Era um homem de uma inteligência e cultura ímpares! E os jovens estagiários, sequiosos de conhecimento, cheios de energia, não se cansavam de aprender! O Dr. José Marques da Silva era efetivamente um verdadeiro Mestre, a quem nunca a porta se fechou às dificuldades e dúvidas de outros colegas. Sempre disponível para ajudar, sempre atento às necessidades de cada um.

Neste convite que foi endereçado para escrever sobre tão ilustre advogado da nossa comarca, só podemos dizer que nos sentimos Felizes e imensamente Gratas por termos conhecido e privado com o Dr. José Marques da Silva. Tal sentimento é partilhado por muitos colegas e muitos cidadãos do nosso concelho que com ele privaram!

A toda a família e em particular à Dra. Beatriz Marques da Silva os mais profundos sentimentos e a nossa modesta homenagem a um grande Profissional, Cidadão e Homem de Família! Até sempre MESTRE! Obrigada pelos seus ensinamentos!

Marina Albino e Graça Guerra