Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Login

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Sapadores florestais do Oeste em formação para ajudar na prevenção de incêndios no próximo Verão

Visita Sapadores Florestais do Oeste

A partir deste Verão vão estar operacionais três equipas de sapadores florestais para ajudar na prevenção de incêndios na região Oeste. Cada equipa vai ter à sua disposição um veículo com material de primeira intervenção no combate a incêndios, equipamento de protecção individual e maquinaria para ações de limpeza. Este serviço resulta de uma candidatura aprovada que foi apresentada pela OesteCIM - Comunidade Intermunicipal do Oeste ao Programa de Sapadores Florestais, do Ministério da Agricultura, ao abrigo da qual vai receber um financiamento de 120 mil euros. Torres Vedras era, até agora, o único município da região a dispor de sapadores florestais. Os 12 municípios decidiram contratar 15 sapadores florestais e um técnico superior com formação em fogo controlado.

Por decisão do conselho intermunicipal da OesteCIM, a Brigada de Sapadores Florestais está sediada na Usseira, no concelho de Óbidos, mas vão trabalhar nos 12 concelhos da região. No passado dia 6, a brigada visitou o quartel da Força Especial de Bombeiros (FEB), em Almeirim, no âmbito da Formação Modular Certificada (UFCD) 3124 - Constituição, funcionamento, conservação dos equipamentos moto-manuais e normas de Segurança Higiene e Saúde no trabalho (SHS)/Equipamento de Protecção Individual (EPI), ministrada pelo chefe de equipa Nuno Queiroz, bombeiro profissional no corpo activo da FEB. A visita consistiu numa breve apresentação da organização desta força especial, seguindo-se de uma explicação das práticas de manutenção preventiva dos equipamentos moto-manuais.

Em comunicado, a instituição intermunicipal sublinha que “a deslocação ao quartel surgiu face à necessidade, manifestada pela Brigada de Sapadores Florestais da OesteCIM, de organização e implementação de uma cultura de trabalho assente nas boas práticas de conservação e manuseamento de equipamentos moto-manuais, essenciais à eficácia do trabalho desenvolvido pelo sapador florestal”. O período de formação concluiu-se no próximo mês da sede da OesteCIM, nas Caldas da Rainha.

Texto: ALVORADA
Fotografia: Direitos Reservados