Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Mortalidade em Portugal aumentou em Outubro, mas continua abaixo do ano passado

INE

A mortalidade registada em Outubro em Portugal aumentou ligeiramente face a Setembro, segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE), que reporta 9.495 óbitos, mas o total de mortes este ano continua abaixo do registado em 2021.

De acordo com os dados mensais relativos às estatísticas vitais, divulgados hoje no portal do INE, o número de óbitos aumentou 8,7% em Outubro, sendo que, desde o início do ano, morreram 102.272 pessoas.

Apesar de registar também um aumento de 1% face ao mesmo mês do ano passado, o número total de óbitos registados até Outubro continua abaixo dos valores referentes aos primeiros dez meses de 2021.

Nos primeiros dez meses de 2022 registaram-se 102.272 óbitos, menos 1.036 do que no período homólogo de 2021 (-1,0%)”, refere o relatório.

Também o número de mortes devido a Covid-19 aumentou ligeiramente face a Setembro de 2022: em Outubro, houve 217 mortes associadas à doença (mais 17,9%) e que representam 2,3% do total de óbitos. Face a Outubro do ano passado, o aumento é de 10,1%.

Em relação aos nascimentos, o INE assinalou, em Setembro passado, 7.620 nados-vivos, mais 5,2% face a Setembro de 2021.

Até Setembro, tinham já nascido 61.678, mais 2.214 (3,7%) em comparação com o mesmo período do ano anterior, mas não o suficiente para compensar o saldo natural da população portuguesa, que continuou negativo.

No mês de Setembro de 2022, o saldo natural registou o valor de -1 103, desagravando-se, ligeiramente, em relação ao registado no mês homólogo de 2021 (-1 305)”, refere o instituto, acrescentando que nos primeiros nove meses do ano, o valor acumulado do saldo natural foi -30 898, melhor do que no período homologo de 2021 (-34 357), “mas agravando-se quando comparado com o período homólogo de 2019 (-19 171) e de 2020 (-25 084)”.

O relatório mensal destaca ainda o aumento do número de casamentos celebrados em Setembro: 5.128, mais 645 do que no mesmo mês do ano passado, o equivalente a um aumento de 14,4%.

Nos primeiros nove meses de 2022, foram celebrados 28.989 casamentos, mais 6.979 do que no mesmo período do ano passado.

Texto: ALVORADA com agência Lusa