Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Incêndios: Comissão Europeia acompanha situação em Portugal com “particular preocupação”

European Civil Protection

A Comissão Europeia disse hoje acompanhar com “particular preocupação” a situação em Portugal pelas temperaturas elevadas que aumentam o risco de incêndio, indicando estar disponível para ajuda adicional, além dos mapas satélite e dos meios aéreos já mobilizados.

“Temos estado a acompanhar a situação em Portugal com particular preocupação, nomeadamente no nosso centro de gestão de crises aqui na Comissão. Temos estado em contacto estreito com as autoridades portuguesas”, disse o porta-voz da instituição para a área da gestão de crises, Balazs Ujvari.

Falando na conferência de imprensa diária da Comissão Europeia, em Bruxelas, Balazs Ujvari referiu que Bruxelas já mobilizou o Programa de Observação da Terra da União Europeia, o sistema satélite Copernicus, para permitir às autoridades portuguesas avaliar melhor a situação no terreno e verificar a dimensão das áreas afetadas, bem como o Mecanismo Europeu de Protecção Civil, que permite facultar apoio no combate às chamas, como meios aéreos. “Continuaremos em contacto com as autoridades portuguesas e caso seja necessária ajuda adicional, não hesitaremos em mobilizá-la o mais rapidamente possível”, adiantou o responsável.

No domingo, a Comissão Europeia mobilizou dois aviões espanhóis para combater os incêndios em Portugal, que acionou o Mecanismo Europeu de Protecção Civil, anunciou o executivo comunitário. “Portugal activou o Mecanismo Europeu de Proteção Civil para solicitar assistência de emergência para os incêndios na parte central do país”, disse a Comissão Europeia num comunicado. “Como resposta imediata, a Comissão Europeia mobilizou esta manhã dois aviões de combate a incêndios Canadair da sua frota localizada em Espanha”, referiu. A Comissão Europeia acrescentou que os dois aviões espanhóis vão apoiar os meios da protecção civil portuguesa envolvidos no combate aos incêndios na zona Centro.

Portugal e Espanha têm sido afectados por temperaturas elevadas que aumentaram o risco de incêndio, situação que se deverá agravar nos próximos dias.

O Mecanismo Europeu de Protecção Civil envolve todos os Estados-Membros da UE e Islândia, Macedónia do Norte, Montenegro, Noruega, Sérvia e Turquia. O sistema permite à Comissão Europeia coordenar os pedidos de assistência em situações de emergência em que as capacidades do país estejam sobrecarregadas.

Para a época de incêndios florestais deste ano, a Comissão Europeia financia a disponibilidade de uma frota de combate a incêndios para responder a potenciais deficiências na resposta a incêndios florestais. Desde a sua criação em 2001, o mecanismo já foi activado mais de 600 vezes dentro e fora da UE.

Texto: ALVORADA com agência Lusa
Fotografia: Paulo Ribeiro/ALVORADA (arquivo)