Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Parada com 400 militares marca comemorações do Dia da Marinha em Faro

Marinha

Uma parada com 400 militares presidida pela ministra da Defesa Nacional, no dia 22 de Maio, exposições, demonstrações e outras iniciativas marcam as comemorações do Dia da Marinha, que decorre pela primeira vez em Faro, foi hoje anunciado.

Pretendemos aproximar-nos das populações locais, dos municípios de Faro e limítrofes, para que possam conhecer melhor a sua Marinha e as suas capacidades e aquilo que fazemos para proteger os interesses de Portugal no e através do mar”, disse António Coelho Cândido, vice-chefe do Estado-Maior da Armada, na apresentação do programa, realizada na Câmara de Faro.

As comemorações arrancaram na semana passada e as principais actividades decorrem entre a próxima quarta-feira e o dia 22, subordinadas ao tema 'Novas Tecnologias na Marinha', que é4 considerado de “grande importância”, sublinhou o vice-almirante.

O senhor almirante Chefe do Estado Maior das Forças Armadas [Gouveia e Melo] definiu como uma das orientações estratégicas termos uma Marinha tecnologicamente avançada e, para este desígnio, é fundamental a ligação à academia e aos centros de investigação”, referiu.

O presidente da Câmara, Rogério Bacalhau, manifestou satisfação pelo facto de Faro poder “finalmente receber este evento de grande importância para o concelho e para o Algarve”, recordando que a iniciativa estava inicialmente prevista para 2020, mas teve de ser adiada devido à pandemia de Covid-19.

Ligados ao mar por laços ancestrais, que nos fizeram partir das nossas costas para descobrir novos mundos, temos hoje nesta conexão à costa e às actividades que ela nos permite - pesca, turismo náutico, sol e praia, investigação científica e promoção da sustentabilidade - fortes factores de desenvolvimento económico, social, cultural e ambiental. Não podemos esquecer que estamos em plena Ria Formosa, este ecossistema único que é importante estimular”, notou o autarca.

A habitual cerimónia militar, um dos pontos altos do programa, será presidida, no dia 22, às 12h00, pela ministra da Defesa Nacional, Helena Carreiras, contando com a presença de cerca de 400 militares, seguindo-se uma demonstração de capacidades no cais das Portas do Mar.

A Banda da Armada actuará com o cantor algarvio Nuno Guerreiro no palco montado no jardim Manuel Bívar, na baixa da cidade, e no Teatro das Figuras, nos dias 20 e 21, respectivamente.

Estão, ainda, previstas visitas aos navios atracados no cais comercial, nomeadamente o Navio-Escola Sagres, que celebra 60 anos com a bandeira portuguesa e em 2018 já tinha estado em Faro “com enorme sucesso”.

Serão também assinados quatro protocolos entre a Marinha Portuguesa e a Universidade do Algarve, um de âmbito global e outros relativos ao Instituto Hidrográfico, à Academia da Marinha e à Escola Naval, dando “respaldo a muitos projectos e a um compromisso que já existe” entre as duas entidades e será agora aprofundado, frisou Coelho Cândido.

Demonstrações de meios da Marinha Portuguesa, exposições, baptismos de mar, provas desportivas e outras acções completam o programa de comemorações.

O Dia da Marinha celebra-se em 20 de Maio como homenagem à chegada à Índia do navegador português Vasco da Gama, em 1498, ligando pela primeira vez, por via marítima, a Europa ao Oriente.

Texto: ALVORADA com agência Lusa
Fotografia: Direitos Reservados (arquivo)