Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Mau tempo: Protecção Civil conta 148 ocorrências até às 20h00 em Portugal continental

ANPC

A Protecção Civil registou, até às 20h00 de hoje, 148 ocorrências relacionadas com o mau tempo em Portugal continental, sobretudo nos distritos de Faro, Lisboa, Setúbal e Beja, com situações de quedas de árvores, obstruções de via e inundações.

“Das 148 ocorrências que se verificaram, não temos qualquer indicação da existência de feridos ou de vítimas”, afirmou José Costa, oficial de operações da Autoridade Nacional de Emergência e Protecção Civil (ANEPC).

Em declarações à agência Lusa, o responsável da Protecção Civil actualizou o balanço feito até às 17h00, que dava conta de um total de 96 ocorrências, com os dados das últimas três horas, até às 20h00, contabilizando um total de “148 ocorrências, sendo que estão maioritariamente relacionadas com inundações, quedas de árvores, limpeza de via e quedas de estruturas”.

“O distrito que foi mais atingido foi Faro, com 77 ocorrências, e depois Lisboa, com 29, e também Beja e Setúbal, com cerca de 10 cada”, revelou José Costa.

O oficial de operações da ANEPC indicou que as ocorrências registadas até às 20h00 mobilizaram 422 operacionais e 155 meios terrestres, referindo que as situações registadas são “pontuais, maioritariamente na via pública, algumas estruturas inundadas”, mas de simples resolução.

Questionado sobre os novos avisos amarelos emitidos pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), inclusive para os distritos de Lisboa, Setúbal, Beja e Faro pela previsão de chuva, José Costa disse que a Protecção Civil vai “acompanhando e monitorizando a situação” ao longo do período em que vigoram estes alertas.

Os distritos de Guarda e Castelo Branco estão hoje sob aviso amarelo devido à queda de neve, enquanto Lisboa, Setúbal, Beja e Faro continuam em alerta, até às 9h00 de segunda-feira, pela previsão de chuva, anunciou o IPMA. Segundo o IPMA, o aviso amarelo de precipitação para os distritos de Lisboa, Setúbal, Beja e Faro vigora entre as 2h00 e as 9h00 de segunda-feira, com a indicação de “aguaceiros, por vezes fortes e acompanhados de trovoada”. Estes quatro distritos já estiveram hoje, entre as 12h00 e as 18h00, sob aviso amarelo, devido à previsão de chuva, juntamente com Leiria, Santarém e Évora. Além desse período, os distritos de Beja e Faro estiveram ainda sob aviso amarelo entre as 8h00 e as 15h00, por causa do vento forte de sueste, com rajadas até 80 quilómetros por hora, de acordo com informação do instituto de serviço meteorológico. Num aviso emitido ao final desta tarde, o IPMA colocou ainda o distrito de Faro sob aviso amarelo pela agitação marítima, entre as 18h54 e as 21h00 de hoje, prevendo “na costa sul ondas de sueste com dois a três metros”.

Quanto à queda de neve, Guarda e Castelo Branco estão no nível de aviso amarelo entre as 21h00 de hoje e as 6h00 de segunda-feira. A previsão para estes dois distritos é de “queda de neve acima da cota 1.600/1.700 metros na Serra da Estrela, com acumulação de cinco centímetros na região da Torre”, em que os impactos prováveis são a perturbação causada pela acumulação de neve e possível formação de gelo, por exemplo, “vias condicionadas ou interditas, danos em estruturas ou árvores, abastecimentos locais prejudicados”, indicou o IPMA.

O aviso amarelo é emitido pelo IPMA sempre que a situação meteorológica representa risco para determinadas atividades.

Texto: ALVORADA com agência Lusa