Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Ucrânia: Cardeal-Patriarca de Lisboa assume papel relevante da Igreja no acolhimento de refugiados

D Manuel Clemente

O Cardeal-Patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente, disse hoje, em Leiria, que a Igreja tem em Portugal um papel relevante no acolhimento de refugiados ucranianos em fuga à guerra provocada pela invasão pela Rússia.

Em declarações à agência Lusa, antes da cerimónia de tomada de posse do novo Bispo de Leiria-Fátima, D. Manuel Clemente disse que é necessário fazer todos os possíveis para parar a guerra. “Juntamo-nos a todas as forças que trabalham nesse sentido, a começar pelo Papa Francisco, que tem sido incansável a encontrar pontes e a fazer o possível da sua parte para que a paz se apresse e, finalmente, aquele povo possa viver na sua terra e como quer viver, na liberdade e na paz”, disse.

O Cardeal-Patriarca de Lisboa frisou que “é preciso reconstruir um país, mas sem a paz isso não é possível”, salientando que “há tanta coisa agora para refazer”. “No caso português, acolhendo quem nos procura, também com os que já cá estão, com a comunidade ucraniana em Portugal que é relevante, e, por isso, também cá estamos para responder às necessidades e estar desse lado, que é o único lado possível”, sublinhou.

Sobre a passagem de testemunho do Bispo António Marto a D. José Ornelas na Diocese de Leiria-Fátima, que decorre esta tarde na Sé de Leiria, Manuel Clemente agradeceu o trabalho “com dedicação” dos dois clérigos.

O Cardeal-Patriarca de Lisboa realçou a centralidade geográfica e religiosa da Diocese de Leiria-Fátima, que administra o Santuário de Fátima.

O Bispo D. José Ornelas toma hoje posse como titular da Diocese de Leiria-Fátima, substituindo no cargo o Cardeal D. António Marto, que pediu a resignação à beira de completar 75 anos. A cerimónia teve início às 16h00, na Sé de Leiria.

Na mensagem que dirigiu aos fiéis da sua nova diocese quando foi conhecida a sua nomeação, no final de Janeiro, o até agora Bispo de Setúbal e também presidente da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) afirmou assumir “com gratidão e como desafio a herança de pastor” deixada pelo Cardeal D. António Marto, ao mesmo tempo que exortou a que, juntos, procurem “escutar o chamamento de Deus a toda a Igreja, convocada para um caminho sinodal de escuta, comunhão participada e missão”.

D. José Ornelas, de 68 anos, foi nomeado Bispo de Setúbal em 24 de Agosto de 2015, substituindo no cargo Gilberto Canavarro dos Reis, sendo presidente da CEP desde 16 de Junho de 2020.

Texto: ALVORADA com agência Lusa
Fotografia: Direitos Reservados