Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Projecto ‘Há ART nas Fábricas de Água’ arrancou em Torres Vedras

muraltejoatlantico

O projecto ‘Há ART nas Fábricas de Água’, promovido pela empresa Águas do Tejo Atlântico, está a levar a arte urbana até às suas instalações, com o objectivo de despertar o interesse da população para o serviço essencial que garante Água Residual Tratada.

A primeira instalação a ser intervencionada foi a Estação Elevatória de Choupal, percurso Eco-Caminho do Rio Sizandro, no Varatojo, no concelho de Torres Vedras, que conta agora com um mural do artista plástico Tiago Hacke.

Segundo a presidente da empresa, “ao pintarmos as nossas instalações, a Tejo Atlântico está a dar mais visibilidade a um trabalho que é pouco visível para a comunidade. As Fábricas de Águas e as Estações Elevatórias são instalações fundamentais no sistema de saneamento, contribuindo para a qualidade dos nossos rios e mar”, disse Alexandra Serra.

Localizado no percurso Eco-Caminho do Rio Sizandro, no Varatojo, este mural com 25mx7m, pintado na Estação Elevatória do Choupal, exibe a ‘Celebração da biodiversidade’ com várias espécies de peixes:  a Cobra-de-água-de-colar; a Enguia Europeia; o Girino de Sapo-corredor; o Ruivaco-do-oeste; e a Verdemã e representam o contributo das Fábricas de Água da Tejo Atlântico para o ambiente e para a protecção da fauna. Neste caso, o meio receptor beneficiado é o rio Sizandro que recebe a água tratada da Fábrica de Água de Torres Vedras, infraestrutura responsável pelo tratamento diário de cerca de 8.800 m3 água residual.

A iniciativa ‘Há ART nas Fábricas de Água’ dá continuidade aos projectos de comunicação através da arte urbana que, de uma forma irreverente e original, sensibiliza a população para uma actividade pouco visível e para um serviço essencial de tratamento de água residual com impacto positivo no ambiente e na saúde púbica.

O desenvolvimento deste projecto vai ser implementado em outros municípios, estando previsto a intervenção artística em instalações nos concelhos de Lisboa e de Oeiras.

Texto: ALVORADA
Fotografia: Direitos Reservados