Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Covid-19: Regiões de Portugal continental com Rt abaixo de 1, Açores com 1,20

Covid 19 7

Todas as regiões de Portugal continental apresentam um índice de transmissibilidade (Rt) do vírus SARS-CoV-2 abaixo de 1, com excepção dos Açores, que regista 1,20, indicou hoje Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA).

Segundo o relatório do INSA sobre a curva epidémica da infecção pelo novo coronavírus, no período entre 10 e 14 de Março, ainda antes do início da actual fase de desconfinamento, o valor médio do Rt - o número de casos secundários de Covid-19 resultantes de uma pessoa infectada - foi de 0,86 no país.

Este valor de 0,86 é superior ao Rt médio divulgado nos anteriores cinco relatórios semanais: 0,73 a 12 de Fevereiro, 0,66 a 19 de Fevereiro, 0,68 a 26 de Fevereiro, 0,71 a 5 de Março e 0,80 a 12 de Março.

De acordo com os dados hoje divulgados, desde 10 de Fevereiro que se verifica a estabilização do Rt com um “ligeiro aumento” de 0,61 para os 0,89 registados a 14 de Março, o que sugere que se está perante um “desacelerar da tendência de decrescimento da incidência” do vírus SARS-CoV-2.

Por regiões, no período entre 10 e 14 de Março, o Norte apresentou um Rt de 0,85, o Centro de 0,86, Lisboa e Vale do Tejo de 0,81, o Alentejo de 0,82, o Algarve de 0,84 e os Açores de 1,20.

À semelhança do último relatório, o INSA não disponibilizou os dados sobre a Região Autónoma da Madeira, devido à “introdução de um elevado número de notificações em atraso na base de dados do Sistema Nacional de Vigilância Epidemiológica (SINAVE), o que impede uma interpretação correcta dos resultados”. De acordo com o instituto, assim que esta situação estiver ultrapassada, o INSA retomará o cálculo do Rt para a Madeira, admitindo que o índice de transmissibilidade nacional “poderá estar inflacionado” por esta razão.

De acordo com o INSA, Portugal apresenta ainda uma taxa de notificação acumulada de 14 dias entre os 60 e os 119,9 casos por 100 mil habitantes, com todas as regiões do país abaixo dos 120.

Estes indicadores - o índice de transmissibilidade do vírus e a taxa de incidência de novos casos de Covid-19 - são os dois critérios definidos pelo Governo para a avaliação continua que está a ser feita do processo de desconfinamento que se iniciou segunda-feira.

Na apresentação do plano de desconfinamento, o Primeiro-Ministro, António Costa, avisou que as medidas da reabertura serão revistas sempre que Portugal ultrapassar os 120 novos casos por dia por 100 mil habitantes a 14 dias ou sempre que o Rt ultrapasse o 1.

A pandemia de Covid-19 provocou, pelo menos, 2.692.313 mortos no mundo, resultantes de mais de 121,7 milhões de casos de infecção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP. Em Portugal, morreram 16.754 pessoas dos 816.623 casos de infecção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direcção-Geral da Saúde.

Texto: ALVORADA com agência Lusa