Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

ICNF oferece árvores aos cidadãos para assinalar Dia Internacional das Florestas

ICNF Dia da Arvore

O Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas vai assinalar o início da Primavera e o Dia Internacional das Florestas com a oferta de árvores aos cidadãos que as pretendam plantar nas suas propriedades, anunciou hoje a instituição.

Sob o lema ‘Restauro Florestal: o caminho para a recuperação e o bem-estar’, o Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) vai oferecer espécies autóctones produzidas nos seus viveiros. A distribuição será feita entre 19 e 26 de Março em vários postos selecionados em todo o país.

A inscrição para recolha das árvores deve ser feita através de contacto telefónico para os postos do ICN ou correio eletrónico (Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.). Os interessados terão de comprometer-se a enviar posteriormente uma fotografia da árvore plantada e partilhar ou permitir a partilha da imagem, com a hashtag #ICNFsomosTODOS.

As espécies disponíveis para recolha são medronheiros, sobreiros, azinheiras, pinheiros mansos, alfarrobeiras, romãzeiras e carvalhos cerquinhos. Cada cidadão pode recolher um máximo de 10 exemplares. Os representantes de entidades privadas sem fins lucrativos podem levantar até um máximo de 50 exemplares.

Em 1872, no Nebrasca (EUA), face à escassez de árvores e florestas, a população decidiu dedicar um dia à plantação de árvores. A iniciativa internacionalizou-se e a festa passou da Árvore às Florestas e desde 2012 o Dia Internacional das Florestas é comemorado a 21 de Março, o primeiro dia de primavera, para celebrar e alertar para importância de todos os tipos de florestas, recorda o ICNF em comunicado.

Texto: ALVORADA com agência Lusa