Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Tenente-coronel Quatorze Pereira é o novo comandante do Comando Territorial de Lisboa da GNR

GNR Quatorze Pereira

O tenente-coronel Quatorze Pereira tomou posse como novo comandante do Comando Territorial de Lisboa da GNR, numa numa cerimónia que teve lugar ontem nas instalações do Comando da Unidade e que foi presidida pelo comandante-geral da Guarda Nacional Republicana, tenente-general Rui Clero.

O Comando Territorial de Lisboa é responsável pelo cumprimento da missão da GNR em todo o distrito, tendo a seu cargo uma área de policiamento com um total de 2.161 km2 e a responsabilidade da segurança de 439.903 habitantes. Integra um Destacamento de Intervenção, três Destacamentos de Trânsito (Carregado, Carcavelos e Torres Vedras) e cinco Destacamentos Territoriais (Alenquer, Mafra, Sintra, Torres Vedras e Vila Franca de Xira), dispondo cada um deles de vários Postos Territoriais, num total de 20, bem como dois Subdestacamentos Territoriais. Contempla ainda o Posto Fiscal do Aeroporto de Lisboa e o Posto Fiscal do Ministério das Finanças.

Segundo um comunicado da GNR enviado ao ALVORADA, o tenente-coronel Quatorze Pereira tem 48 anos e é natural de Coimbra. É licenciado e mestre em Ciências Militares, na especialidade de Segurança (GNR), pela Academia Militar, mestre em Direito e Segurança, pela Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa, e em Ciências Criminais, pela Faculdade Moderna de Lisboa. Possui ainda o grau de Master in Criminologia Crítica, Prevenzione e Sicurezza Sociale, pela Universidade de Padova (Itália).

O novo responsável do Comando Territorial de Lisboa ingressou no quadro permanente da Guarda Nacional Republicana em 1992, tendo desempenhado diversas funções ao longo da sua carreira profissional, das quais se destacam o comando do Pelotão de Ordem Pública no Batalhão Operacional, dos Destacamentos de Trânsito de Lisboa e de Castelo Branco, dos Destacamentos Territoriais de Albufeira e de Silves. Foi também oficial de Operações da Força de Gendarmerie Europeia (EUROGENDFOR) em Vicenza (Itália), oficial-adjunto de Operações da 3.ª Repartição do Estado-Maior da GNR, chefe da Repartição de Análise na Direcção de Informações do Comando Operacional, oficial de ligação da GNR na Direcção-Geral da Guardia Civil em Madrid (Espanha), chefe do Centro de Treino e Aprontamento para Missões Internacionais na Unidade de Intervenção, chefe da Secção de Formação e Treino na Unidade de Intervenção, chefe de Gabinete do 2.º Comandante-Geral da GNR, formador em diversos organismos e centros de formação nacionais e estrangeiros, incluindo a Academia Militar, onde exerceu funções de professor. Na sua folha de serviço constam vários louvores e condecorações, nacionais e estrangeiras.

Texto: ALVORADA
Fotografia: GNR