Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Login

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Marinha realizou exercícios militares ao largo da costa Oeste

Marinha

A Marinha Portuguesa realizou esta semana vários exercícios ao largo da costa Oeste de Portugal continental, com a participação de quatro navios e meios da Força Aérea Portuguesa. Em comunicado enviado hoje ao ALVORADA, a Armada Portuguesa explica que esta operação militar serviu para “optimizar as oportunidades de treino”. A Marinha Portuguesa é o ramo das Forças Armadas Portuguesas que tem por missão cooperar, de forma integrada, na defesa militar de Portugal, através da realização de operações navais.

Para o efeito foi criado um grupo-tarefa composto por duas fragatas, a ‘Corte Real’, que embarca o comandante da força, comodoro Vizinha Mirones, e a ‘Álvares Cabral’, com 61 cadetes do 4º ano da Escola Naval a bordo. A este grupo-tarefa juntou-se o submarino ‘Tridente’ e a lancha de fiscalização rápida ‘Sagitário’. Os exercícios contaram ainda com a participação da Força Aérea Portuguesa com aeronaves P3C e F16.

Segundo ainda aquele ramo das Forças Armadas, “o treino teve por finalidade o constante incremento da prontidão das unidades navais, bem como a capacidade de comando e controlo no mar”. No âmbito da formação e treino dos cadetes do 4º ano da Escola Naval, foram realizados vários exercícios no mar “que tiveram por objectivo a preparação e a proficiência dos futuros oficiais da Marinha”.

A fragata ‘Corte Real’ irá assumir a função de navio-almirante de uma das Forças Navais Permanentes da NATO (SNMG1 - Standing NATO Maritime Group 1). A bordo está também o futuro comandante da força, comodoro Vizinha Mirones, assim como os elementos nacionais do seu Estado-Maior.​​

Texto: ALVORADA
Fotografia: Marinha Portuguesa