Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Aplicação ‘Infopraia’ junta vigilância de 157 câmaras nas zonas balneares

infopraias

A aplicação ‘Infopraia’ que faz a monitorização das praias portugueses terá 157 câmaras como auxiliares para obter a informação da lotação do areal, anunciou hoje a APA - Agência Portuguesa do Ambiente. “As mais de 150 câmaras são essenciais para obter a informação e dar segurança a quem frequenta as nossas praias” afirmou o vice-presidente José Pimenta Machado, em Portimão.

Na apresentação da aplicação na cerimónia de abertura da época balnear na Praia da Rochas, em Portimão, Pimenta Machado destacou também o papel dos assistentes de praia “no fornecimento da informação para a aplicação”. Para uma melhor difusão da difusão da informação a aplicação passou a disponibilizar uma versão em inglês e é também acessível em infopraia.apambiente.pt/

Disponível desde o ano passado para telemóveis com sistema operativos IOS e Android, a ‘Infopraia’ permite este ano classificar as praias pela sua lotação com a intensidade indicada pelas cores – verde, amarelo e vermelho. Para esta nova funcionalidade, será necessário efectuar uma actualização. É possível também aferir a qualidade da água de todas as praias, com as “6000 análises regulares” efectuadas pela APA e “informações sobre o tipo de apoio de praia e a existência de posto de socorro ou balneários”. “Pode-se escolher por praia ou por concelho, saber a lotação e até indicar as direcções para aceder à praia, de carro ou a pé”, destacou.

O Governo determinou que a época balnear pode começar este ano a 6 de Junho no Algarve, Tejo e Oeste, mas estabeleceu regras para a utilização das praias, devido à pandemia da covid-19, como um distanciamento físico de 1,5 metros entre diferentes grupos e afastamento de três metros entre chapéus de sol, toldos ou colmos. Os toldos e chapéus a cargo dos concessionários só poderão ser alugados por cada pessoa ou grupo numa manhã (até às 13h30) ou tarde (a partir das 14h00) e todos os equipamentos como gaivotas, chuveiros, espreguiçadeiras ou cinzeiros “devem ser higienizados diariamente ou sempre que ocorra a mudança de utente”.

As praias da Lourinhã terão uma capacidade e potencial de ocupação, em simultâneo, de 8.230 pessoas para a próxima época balnear que se inicia a 27 de Junho e termina a 13 de Setembro no nosso concelho. De acordo com o mapa publicado pela APA, foram consideradas seis praias balneares na área do município lourinhanense: Areia Branca (600 pessoas), Areia Branca - Foz (2.300), Areal Sul (3200), Peralta (1400), Porto Dinheiro (600) e Valmitão (130). As praias de Peralta e Valmitão estão também inscritas com a categoria ‘uso limitado’.

Texto: ALVORADA com agência Lusa