Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Faleceu Victor Batista

Faleceu o Victor Batista. Foi assim que recebi a notícia, estranha e impiedosa. Sempre o conheci com a vontade dos obstinados deste mundo, tanto na sua vida empresarial como no desporto e não estava à espera que se ficasse assim, de forma tão fácil. Conheci-o há mais de quarenta anos, através dos pequenos negócios que fiz com ele, em diferentes momentos da minha vida.

Homem honesto e correto nas suas áreas de intervenção, acabei por me aproximar dele com maior regularidade, através do atletismo, território que decidiu percorrer, em prol dos mais jovens praticantes deste concelho.

A sua intervenção no Núcleo Sportinguista da Lourinhã, ficará para sempre marcada nos afectos que partilhou, com atletas, pais e treinadores que ajudaram o clube a crescer do zero, até à condição de formador de atletas internacionais, logo aqui na Lourinhã, onde o desporto ainda é coisa estranha, para gente que muito sabe, mas que muito pouco faz.

Partilhei com o Victor momentos de grandes vitórias, campeões regionais, campeões nacionais, chegada de atletas à selecção nacional e tantas outras proezas individuais e colectivas. A sua vida de dirigente não se encerrou nas vitórias e nas proezas alcançadas, o Victor foi um autêntico ‘iron-man’, na procura de melhores condições para quem queria praticar atletismo na Lourinhã. Lutou muito por isso. Não poucas vezes, sentiu a sua desilusão na falta de apoios prometidos e não concretizados. Mas nem mesmo assim baixou a sua luta em prol dos mais jovens praticantes deste concelho. Lutou, lutou sempre pelo atletismo.

Partiu do meio de nós, de forma reservada, como sempre se fez anunciar. Discreto, fugiu sempre das luzes da ribalta, nunca se colou aos êxitos dos seus atletas, serviu o atletismo local e quem o quis representar, deixou-nos a todos a lição do dar, sem nada esperar em troca.

Foi sempre um homem simples, sem ponta de vaidade ou arrogância. Viveu feliz, ajudou muita gente a ser feliz, será recordado por muitos anos, como o “Senhor Atletismo da Lourinhã”.

Obrigado Victor, pela amizade de tantos anos. Paz à Tua Alma.

José Santos Silva