Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

“Não é a morte que apaga a vida e os seus sinais, é o esquecimento”

Faleceu o Dr. Diniz Pereira. Aos poucos vamos perdendo as nossas referências. As pessoas que marcaram a nossa vida vão, uma a uma, desaparecendo, deixando um buraco na nossa existência.

O Dr. Diniz Pereira deixou-nos e com ele foi mais uma referência. Era querido e respeitado pelos seus utentes. Conhecido em todo o concelho, espalhava simpatia e admiração por todos quantos o procuravam no intuito de lhes curar as mazelas. Era um Senhor.

Fica, para mim, a recordação de, nos jantares de convívio que com ele partilhei, a forma erudita com que nos presenteava declamando poemas. A Lourinhã não pode (não vai) esquecê-lo porque, como diz Miguel Torga: “Não é a morte que apaga a vida e os seus sinais, é o esquecimento”.

João H. Farinha