Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Login

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Desabafos: A casa dos pais

No meu tempo (é engraçado que, quando dizemos, ‘no meu tempo’, parece que já morremos, quando afinal só estamos a referirmo-nos a antigamente) a maior parte dos jovens queria sair de casa dos pais o mais cedo possível. Quando tivessem possibilidade de se governar sozinhos. Hoje, parece passar-se precisamente o contrário. Não é raro vermos 'jovens' com trinta e tal anos a viver em casa dos pais e, às vezes, a viver à sua custa. Culpa nossa (da nossa geração) que nem os preparámos para a vida, nem lhes proporcionamos condições para que tal acontecesse.

A vontade de que nada lhes faltasse chegou ao ponto de lhes dar as coisas de que eles nem sentiram a falta, tornando-os completamente dependentes. Nunca os jovens tiveram tanto acesso à informação e ao conhecimento como nos dias de hoje e nunca eles estiveram tão mal preparados para a vida.

Faz lembrar a estória, que poderia ser verdadeira, do 'jovem' de quarenta e tal anos e que vivia ainda em casa dos pais, e com quem os colegas de trabalho gozavam, dizendo: "Eh pá! Tu com essa idade e ainda a viver em casa dos teus pais!?". Ao que ele respondia: "Eu já lhes disse isso... mas eles não querem sair!".

João Henrique Farinha