Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Login

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Previsão de agravamento das condições meteorológicas: conselhos da Protecção Civil da Lourinhã

mautempo1

Está previsto para esta quinta e sexta-feira, dias 14 e 15, um agravamento das condições meteorológicas, designadamente agitação marítima (ondulação de noroeste com 5 a 7 metros de altura) e vento forte (rajadas até 85 km/h). A informação foi disponibilizada pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Face a estas condições meteorológicas adversas, o Serviço Municipal de Protecção Civil da Lourinhã alerta que se esperam eventuais dificuldades com embarcações e possibilidade de acidentes junto à costa devido à agitação marítima; possíveis fenómenos de galgamento costeiro; danos em estruturas junto à orla costeira; danos em estruturas montadas ou suspensas; e possibilidade de queda de ramos ou árvores em virtude de vento mais forte, bem como de afetação de infraestruturas associadas às redes de comunicações e energia.

Segundo a Protecção Civil da Lourinhã, todos estes cenários podem ser prevenidos se, atempadamente, forem tomadas medidas que anulem ou minimizem os seus efeitos, sobretudo através da adopção de comportamentos adequados, pelo que, e em particular nas zonas historicamente mais vulneráveis, se recomenda a observação e divulgação das principais medidas de autoproteção para estas situações, nomeadamente: ter especial cuidado na circulação junto da orla costeira e zonas ribeirinhas historicamente mais vulneráveis a galgamentos costeiros, evitando se possível a circulação e permanência nestes locais; não praticar actividades relacionadas com o mar, nomeadamente pesca desportiva, desportos náuticos e passeios à beira-mar, evitando ainda o estacionamento de veículos na orla marítima.

Outros conselhos passam por garantir uma adequada fixação de estruturas soltas, nomeadamente, andaimes, placards e outras estruturas suspensas; ter especial cuidado na circulação e permanência junto de áreas arborizadas, estando atento para a possibilidade de queda de ramos ou árvores, em virtude de vento mais forte; e estar atento às informações da meteorologia e às indicações da Protecção Civil e Forças de Segurança.