Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Terminal rodoviário do Campo Grande em Lisboa com alterações nas paragens devido a obras do Metro

Metro

As paragens dos transportes colectivos rodoviários que utilizam a interface do Campo Grande, em Lisboa, vão sofrer alterações temporárias a partir de sexta-feira devido a obras, informou hoje o Metropolitano de Lisboa (ML).

Em comunicado, a empresa justifica as alterações com obras para o prolongamento das linhas Amarela e Verde do Metro de Lisboa, que envolvem a construção de dois novos viadutos na zona do Campo Grande. Esta reorganização, segundo a empresa, terá implicações nos serviços de transporte J. J. Santo António, Rodoviária de Lisboa, Henrique Leonardo Mota, Isidoro Duarte, Ribatejana, Boa Viagem, Mafrense, Barraqueiro Oeste e Rodoviária do Oeste/Tejo.

“A partir do próximo dia 9 de Setembro entrará em funcionamento um novo terminal rodoviário (terminal 2) que vai alocar quatro paragens que actualmente se encontram no terminal existente (terminal 1). Em consequência desta alteração as paragens do terminal 1 serão também reorganizadas. Prevê-se que estas alterações estejam em vigor durante os próximos 13 meses”, indicou a empresa. “Salienta-se o facto de que o terminal 2 só irá contemplar carreiras inter-regionais (fora da Área Metropolitana de Lisboa) que têm uma frequência horária mais reduzida que as carreiras intermunicipais”, é referido na nota.

A empresa lamenta os transtornos que as alterações possam vir a causar, esclarecendo que vão estar sinalizadas no interior da estação de metro do Campo Grande, através de sinalética informativa e de encaminhamento, e nos referidos terminais rodoviários e espaços de circulação exteriores adjacentes. “A construção da nova linha circular irá implicar a construção no Campo Grande de dois novos viadutos: um viaduto de cerca de 158 metros que permitirá ‘fechar’ o anel no Campo Grande e outro novo viaduto de cerca de 428 metros implantado a norte dos viadutos já existentes que fará a ligação do troço Odivelas/Campo Grande da actual linha Amarela à estação de Telheiras (atual linha Verde)”, adianta o ML.

A empresa diz ainda que no “âmbito desta empreitada, no final do mês de Junho, foi alcançado mais um marco importante na execução dos trabalhos com a betonagem do primeiro tramo de tabuleiro, localizado entre dois pilares do Viaduto que fará a ligação entre Campo Grande e Telheiras”.

O plano do Governo para o Metro de Lisboa prevê um percurso circular na linha Verde, que passará a integrar o percurso entre a estação do Campo Grande, atualmente na Linha Amarela, e o Cais do Sodré (na linha Verde). Para isso serão construídas na Estrela, junto à Basílica, e em Santos duas novas estações que ligarão o Rato (fim da actual linha Amarela) ao Cais do Sodré.

Texto: ALVORADA com agência Lusa
Fotografia: Arnaldo Sousa/Metro Lisboa