Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Centro Hospitalar do Oeste reforça aumento da actividade assistencial no 1º semestre de 2022

CHO

O Centro Hospitalar do Oeste (CHO) registou, no primeiro semestre de 2022, um aumento da sua actividade assistencial comparativamente com os primeiros seis meses de 2021, bem como com o mesmo período de 2019 (o último que pode ser utilizado como referência do período pré-pandemia). Segundo refere esta unidade hospitalar num comunicado enviado ao ALVORADA, os dados apurados demonstram que foram realizadas mais consultas e cirurgias e o número de sessões de Hospital de Dia também sofreu um acréscimo.

Neste primeiro semestre de 2022 “foram realizadas 82 352 consultas médicas nas unidades hospitalares do CHO, mais 2 284 (+2,9 %) do que em 2021 e mais 7 682 (+10,3%) do que em 2019”, pode ler-se no comunicado. O número de primeiras consultas teve um aumento “muito significativo” em comparação com o período homólogo de 2021, apresentando um aumento de 3 004 consultas (+12%).

No que se refere à lista de espera para consulta, o tempo médio de espera aumentou em 6,8 dias em relação em 2021. “No entanto, comparando com 2019, desceu de 178,3 dias para 113,5 dias, o que corresponde a menos 64,8 dias de espera, o que denota o esforço que a instituição e os seus profissionais têm realizado para melhorar o acesso dos utentes”, refere o CHO.

Em relação ao bloco operatório, “foram realizadas 4 338 cirurgias, o que corresponde a um aumento de 40,8% no total de cirurgias (+ 1 257) em comparação com o período homólogo do ano anterior, e mais 661 cirurgias (+15%) do que no mesmo período de 2019”.

O tempo médio de espera para cirurgia diminuiu 7,5 dias entre Junho de 2021 e Junho de 2022. Comparando com os dados em Dezembro de 2019, a diminuição do tempo médio de espera para cirurgia é ainda mais acentuada, ou seja, menos 63 dias de espera.

A 30 de Junho de 2022 a percentagem de utentes em lista de inscritos para cirurgia dentro do tempo máximo de resposta garantida era, segundo o CHO, de 92,8%.

As sessões de Hospital de Dia registaram uma subida de 8,5%, “o que significa que até Junho deste ano foram efectuadas 7 467 sessões (+ 582) do que em igual período do ano passado e mais 1 228 sessões do que no mesmo período de 2019”.

No que concerne aos serviços de urgência das três Unidades Hospitalares do CH, foram registados 83 143 episódios de urgência até ao final de Junho de 2022, “um aumento muito significativo da procura em 47,9%”, que corresponde a mais 26 926 atendimentos do que em Junho de 2021.

Ainda segundo esta unidade hospitalar, o reforço do aumento da actividade assistencial “é demonstrativo do profissionalismo, do empenho e da dedicação dos profissionais da instituição, que continuam focados e comprometidos em prestar os melhores cuidados de saúde à população utente, apesar dos desafios diários”.

Recorde-se que o CHO integra os hospitais das Caldas da Rainha, Torres Vedras e Peniche, tendo uma área de influência constituída pelas populações dos concelhos das Caldas da Rainha, Óbidos, Peniche, Bombarral, Torres Vedras, Cadaval e Lourinhã e de parte dos concelhos de Alcobaça e de Mafra.

Texto: ALVORADA