Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

CHO com constrangimentos no serviço de urgências do Hospital de Torres Vedras

Hospital de Torres Vedras urgencia II

O Centro Hospitalar do Oeste informou hoje da existência de constrangimentos nas urgências do Hospital de Torres Vedras, prevendo que o mesmo possa suceder, na noite de quinta-feira, nas urgências de Pediatria da mesma unidade.

“No decorrer do dia de hoje têm-se verificado alguns constrangimentos no Serviço de Urgência da Unidade de Torres Vedras, pelo que foi solicitado ao Centro de Orientação de Doentes Urgentes [CODU], o reencaminhamento de doentes críticos para outras unidades hospitalares, de acordo com a situação clínica”, referiu o Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Oeste (CHO) num ‘mail’ enviado à agência Lusa.

Este procedimento “salvaguarda o atendimento com celeridade de doentes com situação clínica complexa ou exigente, assegurando que são encaminhados para uma unidade hospitalar com maior capacidade de resposta”, explicou o Centro Hospitalar, assegurando que “tem envidado todos os esforços para contratar profissionais para assegurar o normal funcionamento dos vários serviços”.

Questionada sobre os serviços que poderão evidenciar mais constrangimentos durante o feriado de quinta-feira e o próximo fim-de-semana, a administração considerou “previsível que venham a ocorrer alguns constrangimentos na Urgência de Pediatria da Unidade de Torres Vedras, na noite de 16 de Junho”.

Durante esse período, as situações graves serão encaminhadas para o Hospital das Caldas da Rainha, outra das unidades do centro hospitalar.

Já relativamente ao preenchimento das escalas do Serviço de Urgência de Ginecologia e Obstetrícia do CHO, o conselho de administração afirmou que as escalas “encontram-se preenchidas no período entre quinta-feira e domingo”.

Na mesma nota, o CHO agradece aos profissionais da instituição “o profissionalismo, o empenho, a dedicação e o esforço adicional na prestação de cuidados de saúde à população” e apela “à compreensão dos utentes, lamentando, desde já, os constrangimentos que, apesar de todos os meios disponibilizados, não foi possível ultrapassar”.

O Centro Hospitalar do Oeste integra os hospitais das Caldas da Rainha, Torres Vedras e Peniche, que no conjunto servem mais de 293 mil utentes, numa área de influência constituída pelas populações dos concelhos de Caldas da Rainha, Óbidos, Peniche, Bombarral, Torres Vedras, Cadaval e Lourinhã e de parte dos concelhos de Alcobaça e de Mafra.

Texto: ALVORADA com agência Lusa
Fotografia: Sofia de Medeiros/ALVORADA (arquivo)