Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Torres Vedras: inaugurado Centro de Interpretação da Reserva Natural Local Foz Azul

centrointerpretacaoreservanaturallocalfozazul

O antigo edifício da guarda fiscal da Assenta deu origem ao Centro de Interpretação da Reserva Natural Local Foz Azul (CIRNLFA), cuja inaguração do equipamento decorreu a 25 de Abril, no âmbito do programa comemorativo da Câmara Municipal de Torres Vedras relativo ao 48º aniversário da Revolução dos Cravos.

A Reserva Natural Local Foz Azul (RNLFA) consiste numa área protegida de âmbito local, a criar brevemente, por iniciativa da Câmara Municipal de Torres Vedras, a qual abrange uma área total de 1.090 hectares, maioritariamente marinha, que se estende ao longo de 13 quilómetros de linha de costa, abrangendo as freguesias de São Pedro da Cadeira e Silveira.

No CIRNLFA está patente uma exposição sobre esta futura área protegida, da qual fazem parte elementos relacionados com a actividade de pesca artesanal praticada nomeadamente na Assenta. 

Nessa exposição é explicado, por exemplo, que a RNLFA apresenta uma área costeira complexa, marcada pela presença de importantes zonas de arribas rochosas, areais planos, dunas e estuários. De frisar a biodiversidade marinha presente na RNLFA, destacando-se as zonas de intertidal e poças de maré, de grande riqueza biológica, com particular expressão na Praia Azul e na da Assenta. O valor ecológico da RNLFA é ainda marcado pela presença da foz do Rio Sizandro e do campo dunar da Praia Azul, bem como de arribas e falésias, locais de nidificação de espécies de avifauna, nos quais se têm encontrado vestígios de dinossauros. Na RNLFA observam-se ainda fenómenos geomorfológicos, como as Marmitas de Gigante e as Plataformas de Abrasão Marinhas. Esta futura área protegida é também rica em tradições associadas ao mar e à pesca, sendo que é actualmente possível observar antigos lagosteiros e embarcações de pesca artesanal no porto de pesca da Assenta.

Na cerimónia de inauguração do CIRNLFA, o presidente da Junta de Freguesia de S. Pedro da Cadeira, António Alves, enalteceu o papel do anterior presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras, Carlos Bernardes, para a concretização desse equipamento, tendo ainda sublinhado a importância do mesmo para a sua freguesia.

Já a presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras, Laura Rodrigues, anunciou que o equipamento que estava a ser inaugurado disponibilizará, em parceria com o Centro de Educação Ambiental de Torres Vedras, um programa de actividades a ser desenvolvido durante todo o ano, o qual se dirigirá tanto a residentes como a visitantes, e terá o objectivo de promover os valores naturais e tradições locais e disseminar o conhecimento científico.

Antes dos discursos teve lugar uma apresentação relacionada com o projecto de criação da RNLFA, efectuada pela técnica municipal, Raquel Lopes, antecedida pelo acto de descerramento da placa de inauguração do referido equipamento.

De recordar que a construção do CIRNLFA, prevista, inclusivamente, no Programa da Orla Costeira Alcobaça - Cabo Espichel, apenas foi possível graças à cedência do respectivo imóvel, que se encontrava devoluto e deteriorado, ao Município de Torres Vedras, por parte da Direcção Geral do Tesouro e Finanças. A criação deste equipamento representou um investimento de 126.123,04 de euros, o qual foi financiado em 85% pelo programa MAR2020, a partir de uma candidatura submetida ao abrigo da Estratégia de Desenvolvimento Local ecoMAR.

Texto: ALVORADA
Fotografia: Direitos Reservados