Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Centro Interpretativo do Geoparque do Oeste vai abrir as portas até final do ano no Bombarral

Geoparque BBR 21032022

O futuro CIGO - Centro Interpretativo do Geoparque do Oeste, que até final do ano deverá começar a funcionar numa antiga escola primária do Bombarral, foi palco esta tarde da celebração do Dia Mundial da Árvore. O simbolismo da efeméride foi o pretexto da AGEO - Associação Geoparque do Oeste para apresentar aos autarcas pressentes dos municípios envolvidos neste projecto para plantarem uma oliveira no recinto e visitarem o espaço cedido para o efeito pela Câmara Municipal do Bombarral.

Estão envolvidas no ‘aspiring’ Geoparque do Oeste as autarquias do Bombarral, Cadaval, Lourinhã, Caldas da Rainha, Torres Vedras e Peniche, ao que se juntou posteriormente Alenquer, município também interessado para integrar o futuro Geoparque Mundial da UNESCO.

Na ocasião, Miguel Reis Silva, coordenador-executivo do ‘aspiring’ Geoparque do Oeste, frisou que o CIGO pretende ser “a principal porta de entrada” do futuro geoparque oestino. Está previsto que este espaço, quando estiver totalmente remodelado, possua uma loja, jardim pré-histórico, pequeno auditório, sala de geoparques mundiais da UNESCO, sala Associação Geoparque do Oeste e sala das alterações climáticas.

O CIGO será também uma montra dos municípios que compõem o ‘aspiring’ Geoparque do Oeste e, como tal, será possível ficar a conhecer as praias, a serra, os espaços museológicos, centros de interpretação, festas e romarias que o distinguem de outros geoparques mundiais e respectivos aspirantes.

Reportagem na próxima edição impressa do ALVORADA.

Texto: ALVORADA
Fotografia: Sofia de Medeiros/ALVORADA