Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Bombarral: Suspeito de violência doméstica aguarda julgamento em liberdade

Tribunal das Caldas

Um homem suspeito de violência doméstica sobre a mulher no Bombarral vai aguardar julgamento em liberdade, mas proibido de contactar com a vítima, a medida de coação determinada pelo Tribunal de Caldas da Rainha e hoje anunciada.

Presente a primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Caldas da Rainha, o juiz de instrução criminal determinou, na segunda-feira, que o arguido vai aguardar julgamento “sujeito às medidas de coação de proibição de contactar, por qualquer meio, com a vítima, com excepção do uso do telemóvel e de proibição de frequentar a morada da mesma, assim como à obrigação de apresentação, duas vezes por semana, perante a autoridade policial”, refere uma nota de imprensa publicada na página da Internet do Ministério Público (MP) da Comarca de Leiria.

O homem, de 58 anos, já antes condenado pela prática de um crime de sequestro sobre a mesma vítima, está indiciado da prática do crime de violência doméstica, de que era vítima a mulher, com quem é casado. Segundo o MP, há suspeitas de que “o arguido molestou física, verbal e psicologicamente a vítima, ao longo de vários anos, por vezes de forma intermitente, até Dezembro de 2021”. A nota do MP descreve que “o arguido desferia bofetadas, murros, pontapés e pancadas com objectos na vítima, trancava-a em casa, insultava-a e dirigia-lhe ameaças de morte”.

O homem foi detido no âmbito de uma investigação dirigida pelo Ministério Público das Caldas da Rainha do Departamento de Investigação e Acção Penal de Leiria, com a coadjuvação do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas da GNR.

Texto: ALVORADA com agência Lusa
Fotografia: Direitos Reservados