Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Lourinhã recebe este fim-de-semana Campanha Nacional de Recolha de Alimentos do Banco Alimentar

baonovembro21

Intermarché, Lidl e Pingo Doce são os únicos locais do concelho da Lourinhã que recebem este fim-de-semana a Campanha Nacional de Recolha de Alimentos do Banco Alimentar. Nestes três supermercados estarão vários grupos de voluntários que mais uma vez que juntaram para ajudar nesta iniciativa: Agrupamentos de Escuteiros da Lourinhã e Ribamar, Fraternidade D. Nuno Álvares, Catequistas da Lourinhã, Grupo de Jovens da Lourinhã e voluntários particulares. Prestam ainda apoio a esta campanha a Louricoop, a Biofrade, a União das Freguesias da Lourinhã e Atalaia e a União das Freguesias de Miragaia e Marteleira.

A Campanha de Recolha de Alimentos realiza-se a nível nacional este fim-de-semana, dias 27 e 28 de Novembro e destina-se a angariar alimentos básicos, relativamente aos quais não existem excedentes (como leite, arroz, massas, azeite, óleo, grão e feijão, atum, salsichas, bolachas e cereais de pequeno almoço); incentivar a partilha com as pessoas que não têm alimento à sua mesa; e sensibilizar a comunidade para as carências alimentares que afectam muitas famílias.

Para além desta Campanha Saco, existem ainda a Campanha Ajuda Vale, que decorre de 27 de Novembro a 5 de Dezembro, através de vales de produtos seleccionados (como azeite, óleo, leite, salsichas e atum), em que cada vale representa uma unidade do produto (por exemplo, ‘1 litro de azeite’, ‘1 litro de leite’, etc.) e inclui um código de barras próprio, através do qual é efectuado o controlo das dádivas. Ao realizar o pagamento, o dador entrega o vale na caixa registadora e os produtos ficam claramente identificados no talão de caixa. A logística de transporte para os Bancos Alimentares contra a Fome fica a cargo de cada uma das cadeias de distribuição.

A Campanha Online, decorre de 27 de Novembro a 5 de Dezembro, através da plataforma www.alimentestaideia.pt que permite a doação de alimentos online e assim a participação na campanha de pessoas que habitualmente não se deslocam ao supermercado ou que residam fora de Portugal, nomeadamente os emigrantes. O pagamento é feito por Multibanco, tal como com qualquer outro pagamento de serviços ou compra online, ou cartão de crédito, usando a referência e o código que são enviados automaticamente por correio electrónico, assim como o recibo de donativo com relevância fiscal, concluída a doação.

Na região Oeste, que abrange os concelhos de Alcobaça, Bombarral, Cadaval, Caldas da Rainha, Lourinhã, Nazaré, Óbidos e Peniche, o produto da campanha é distribuído localmente às cerca de 10.000 pessoas com carências alimentares comprovadas, através das 62 Instituições de Solidariedade Social parceiras, previamente seleccionadas e acompanhadas ao longo de todo o ano por voluntários visitadores.

No entanto, e atendendo ao complicado contexto de pandemia em que vivemos, esta vai ser uma Campanha Saco limitada e atípica. Segundo revelou o BAO em comunicado, “por estarmos com muita dificuldade em constituir equipas de voluntários para os supermercados, fomos obrigados a recomeçar esta campanha apenas em algumas superfícies de cada concelho. Infelizmente, não iremos poder estar presentes fisicamente em todas as lojas”. De igual modo, e pela proximidade sem distância de segurança que implicava, “não vamos ter equipas de voluntários no armazém, ficando todo o trabalho de separação dos alimentos angariados a cargo dos poucos voluntários que prestam serviço diariamente no Banco Alimentar do Oeste”. Apesar de todas estas dificuldades, “não vamos baixar os braços e tudo faremos para que a campanha seja um sucesso. Para tal, contamos com a colaboração e generosidade de toda a comunidade. Por favor, ajudem-nos a ajudar”.

Texto: ALVORADA